top of page

8ª Strategy Conference, principal evento de estratégia hoteleira do país aconteceu na quinta-feira

Atualizado: 13 de nov. de 2021

O evento apresentou cases off trade e foca em temas como tendências e retomada

Painel de Pricing & Revenue Management - Estratégias de Pricing, um Pensar Diferente, com Cesar Nunes (Moove), Pedro Ribeiro (BIC), Gabriella Lapos (Hilton SP), Priscila Souza (Royal Palm Plaza Hotel)

A HSMAI (Hospitality Sales & Marketing Association International) Brasil realizou, nesta quinta-feira (11), a oitava edição da Strategy Conference, principal evento de estratégia hoteleira do país. O encontro foi realizado em formato híbrido, com transmissão direta do Blue Tree Premium Faria Lima, na capital paulista.

Gabriela Otto, presidente da associação, comandou a abertura do evento, que durou pouco mais de três horas. Durante a agenda, os participantes tiveram a oportunidade de aproveitar conteúdos sobre qualificação da gestão, processos inovadores, retomada do turismo, competitividade, planejamento, estratégias de negócios, sustentabilidade, resiliência, liderança e marketing digital.

A primeira palestra, "Tendências do Turismo para 2022", ministrada por André Meyer Coelho, professor, coordenador de projetos da Fundação Getulio Vargas (FGV) e especialista em planejamento turístico, apresentou estratégias para aproveitar as oportunidades do setor nesse momento de retomada. "Estamos trabalhando para equilibrar as curvas e avançar na recuperação nos próximos dois anos. O processo de resiliência veio para ficar. Estamos em um ambiente que exigiu mais inovação, busca por novos produtos e maneiras de se reinventar", comenta.

O especialista também ressaltou algumas tendências para os próximos meses. "Os consumidores estão pensando cada vez mais na sustentabilidade dos hotéis. Os protocolos sanitários em função do coronavírus serão mantidos, pelo menos, no primeiro semestre de 2022; a tecnologia e conectividade, em especial o 5G, irão impactar as formas de pensar dos produtos", finaliza.

Para César Wurm, Head de Vendas IHG United States, na palestra "Liderança em Vendas", os desafios da pandemia fortaleceram o profissional e abriram novas opções para fazer a diferença no mercado. "Nunca deixe uma crise se desperdiçar. Você pode olhar por dois lados: um positivo, encontrando uma oportunidade de crescimento, ou outro negativo. Quando você define a sua meta para o sucesso e consegue elaborar um processo para alcançá-la. Ao confiar no seu time e dar espaço para que ele realize o trabalho, mostrando uma sinergia, a liderança será mais efetiva. E com a pandemia, percebemos que não conseguimos controlar tudo, mas você pode controlar o seu plano e realizar o que está ao seu alcance", ressalta.

Já Bruno Heleno, da CVC Corp, comentou sobre o cenário da retomada do turismo e as oportunidades do setor. "Para 2022, estamos observando um retorno que começou com as viagens mais próximas, com alguns segmentos privilegiados como o luxo. A pandemia fez as pessoas ampliarem o desejo de realizar os seus sonhos. Percebemos também que é importante o face to face. Aquelas convenções que eram realizadas em quatro dias, sendo três de trabalho e uma de lazer, hoje foram transformadas em cinco dias com um de serviço e quatro de diversão e, em algumas vezes, o colaborador pode até mesmo levar a sua família".

No painel sobre Pricing & Revenue Management, foi destacada a importância do relacionamento com os clientes de acordo com a classificação de cada um deles para a sua empresa, com um olhar diferente e regras específicas para cada grupo e uma boa análise de canais que trazem mais rentabilidade. Um dos destaques ficou com o case de gestão de receitas da BIC. De acordo com Pedro Ribeiro, Commercial Finance & Pricing Manager da empresa, em 2017 foi realizado o Processo Trade Investiment, com uma revisão completa do tema, partindo de um sistema manual para um automatizado, com política clara, fluxo simples, governança e autonomia para as equipes comerciais. Já em 2018 seguiu-se com um Projeto de pricing e a criação de um processo robusto de precificação, englobando arquitetura de preços, política comercial e sistemas, além da criação de uma nova área focada no assunto.


A novidade foi seguida, em 2019, por uma nova política contratual, em que houve simplificação do processo e regras de eligibilidade, além de um plano e renegociação de contratos. Por fim, em 2020 surgiu o Revenue Growth Management (RGM), momento global da Bic com uma abordagem sob a ótica dos pilares considerados chave para a boa gestão da receita pela organização: estratégia de portfólio, sortimento e mix de produtos, estratégia de precificação, eficiência promocional e parceria com clientes, com todas as decisões baseadas em KPIs e métricas para cada um dos pilares. Por fim, o painel "Cliente como estratégia central do negócio (CRM, fidelização)" focou em o quanto é necessário ser relevante para os clientes e rentável para a marca. E, para isso, conhecer bem os consumidores, utilizando o máximo de pontos de contato para obter dados sobre eles e transformá-los em informações, entender o que gera valor e trabalhar na diferenciação e relacionamento faz a diferença. Isso pode ser comprovado por pesquisa realizada pela Forrester, que indica que 77% dos consumidores escolhem, recomendam ou pagam mais por uma marca que oferece um serviço ou experiência personalizado.

A HSMAI Brasil conta com o apoio da R1 Soluções Audiovisuais, Pmweb, Business Factory, Integra e Vice Versa Tradução Simultânea.

Para mais informações sobre a HSMAI, acesse o site http://hsmaibrasil.org/ e fique de olho em suas atividades. Em breve, o calendário de cursos e eventos de 2022 será divulgado.


コメント


bottom of page