Antonio Bento Ferraz, diretor, ator e roteirista, lança a série “Acesso Total– Botafogo”

Idealizada e dirigida por Antonio Bento, “Acesso Total – Botafogo” terá 8 episódios, e está

sendo gravada desde o início da pandemia. Em formato documental, a série acompanha de

perto o dia-a-dia do clube durante toda a campanha da Série B, considerada por muitos, como

a mais difícil de todos os tempos, narrando todo o processo de reconstrução do centenário

clube, desde a chegada da nova diretoria, passando por toda a reformulação interna de

dirigentes e pelo processo de profissionalização do seu futebol, contando mais uma vez com a

força de sua apaixonada torcida.

Com a popularização de séries sobre esportes e seguindo os formatos já consagradas sobre

bastidores do futebol, como “Sunderland – Até Morrer” da Netflix e da marca “All or Nothing” do

Manchester City, Tottenham e Seleção Brasileira da Amazon Prime Video, “Acesso Total -

Botafogo” busca alcançar o seu espaço alavancando a marca Botafogo para todo o território

nacional e exterior.


Para conhecer mais sobre esse novo trabalho, nosso editor chefe, Antonnio Italiano conversa com Antonio Bento.

Tenha ótima experiência de leitura!

VAM: Vamos começar essa entrevista com você nos contando sobre como surgiu a ideia de fazer essa série sobre o Botafogo e como foi gravá-la?

Eu tenho 2 paixões: cinema e Botafogo. Sempre quis unir essas duas coisas. Por tudo que está acontecendo no clube esse ano, achei que era a oportunidade perfeita pra se fazer uma série sobre os bastidores.

Procurei uma produtora pra ser minha parceira, que foi a Sp2 Conteúdo, e levamos a ideia ao Botafogo, que comprou de cara. Está sendo um processo muito lindo, embora bastante cansativo e intenso. Sei da responsabilidade que é documentar esse recorte tão importante de um clube como o Botafogo, que vive o momento mais difícil da sua história, mas ao mesmo tempo é um privilégio acompanhar tudo tão de perto. É um projeto longo, que dura um ano inteiro, com muitas variantes, mas o resultado final vai ser compensador.

VAM: O que o espectador - que é apaixonado por futebol assim como você - vai poder ver de fato nessa produção?

Tenho certeza que é uma série que agrada todo tipo de espectador que gosta de um bom documentário. Se for fã de futebol, não necessariamente botafoguense, mais ainda. Me impressionou