Belo Horizonte: Indústria da Moda, e o sonho Teen com Mariana de Oliveira

Altas, magras, loiras, brancas, exaustas... Foi assim que alguns padrões, terríveis padrões e preconceitos ainda existem e existiram no mercado fashion, televisivo, empregatício, que nos faz refletir sobre os sonhos, as necessidades de trabalho, influência nas redes sociais e mais que isso, saúde física e mental.


Foto: @azariasfotoeart | Direcionamento de carreira: @alcialvesf | Video: @flyer.ph

A indústria da moda se completa com muitos profissionais, desde a própria modelo, como Mariana de Oliveira, e quem sonha junto a ela, até agências, maquiadores, marcas apoiadoras, fotógrafos, estúdios, revistas, influenciadores, pessoas que trabalham na produção de uma peça ou acessório que possivelmente estará na foto, vídeo ou produção.

Com essa reflexão, é importante falarmos aqui sobre a real valorização de quem cria, desenvolve uma peça e desfila para ela, quem possui talento e quer trabalhar, lembrando também há muito glamour exagerado e muito preconceito para quem decide seguir a carreira da arte da moda. Também essa indústria é incrível com muito dinheiro quando você possui o direcionamento de carreira correto, trabalha com grandes nomes e marcas, com homens lindos, mulheres maravilhosas, roupas incríveis e muitos flashes, é um sonho que milhares de pessoas almejam chegar desde crianças, e com isso, precisa-se de apoio.


Não é apenas sonhar que as crianças e os adolescentes precisam, mas também buscar fazer o sonho, e a carreira acontecer. Sempre é importante lembrar que isso tudo depende do incentivo dentro de casa com a família, de nada vale o sonho, se pode gerar a frustração em não ir atrás dele. Incentivos como, por exemplo, assistir filmes sobre assuntos que eles tenham interesse, ouvir e ler livros e músicas, apoiar com diálogos abertos para entender e apoiar o potencial daquele artista em construção.


No mundo dos negócios, sendo na moda ou não, a segurança de qual empresa e quem confiar é extremamente importante. Hoje a internet constrói carreiras e facilita o aprendizado, leva a informação instantânea e faz com que o sucesso esteja um pouquinho mais próximo do que desatualizadas revistas impõem.


O mundo digital é o futuro, deve ser levado a sério e com essa grande ferramenta de produção audiovisual, a VAM Magazine de agosto desembarca em Minas Gerais, terra que se destaca também por ser o centro comercial da moda nacional, onde há a distribuição para o país todo, com grandes marcas e associações, como a Coopermoda (Cooperativa de Consultores de Moda), fotógrafos, produtores e agencias de modelos.


Lá em Belo Horizonte entrevistamos a sonhadora e aspirante modelo, Mariana de Oliveira (14 anos), onde falamos sobre todo esse processo de querer trabalhar nas passarelas e estúdios, conversamos sobre escola, família e sonhos. Falamos também com a Diretora de Produção e Profissão Alci Alves: "Trabalho há muitos anos no mercado e acredito que em Belo Horizonte possa ter uma conexão incrível com a VAM Magazine, pois aqui tem muitas pessoas lindas e talentosas, mas nunca tiveram oportunidade de estar em revista para produzir conteúdo de qualidade”.


Leia a seguir a entrevista do Editor Chefe, Antonnio Italiano com a Teen Mariana de Oliveira:



VAM: Mariana, com apenas 14 anos de idade: Qual o seu sonho?

Meu sonho é ser uma pessoa independente. Seguir meu caminho, adquirir minhas próprias coisas, ter um bom emprego para ajudar a minha família.


VAM: No que você gostaria que o mundo fosse diferente ou mudasse?

Gostaria que o mundo fosse diferente na forma como cada país trata um ao outro. Que mudasse a forma de olhar para seu povo, como no caso da Covid-19, que impede a volta às aulas e muitos desempregos.


VAM: O que levou você a buscar a profissão de modelo? Como é o incentivo da sua carreira e sonhos com seus pais? O que você mais admira neles?

Busquei minha profissão de modelo a partir de um convite para teste. Vi uma boa oportunidade para seguir em frente, pois gostava das fotos e da passarela, muito incentivada naquele momento pelo apoio saudável com meus familiares. Mas eu só me vi como modelo quando me aproximei da minha produtora e mentora, @alcialvesf. A carreira de modelo é meu incentivo para realizar meus propósitos profissionais e familiares. Admirava a independência dos meus pais e a forma de educar a mim e meus irmãos. Hoje admiro a persistência da minha mãe. Ela é uma guerreira.


VAM: Qual a sua lembrança mais antiga?

Desde que meu pai se foi, a lembrança da sua figura, do seu companheirismo e amor pela nossa família.



VAM: O que mais admira em você? E o que menos gosta?

Gosto do meu modo de olhar. Acho que ele transmite toda responsabilidade que sei que tenho que ter no trabalho e com as outras pessoas. Não gosto quando sinto que faltei com essa responsabilidade.


VAM: Já que a profissão nos permite chegar a lugares inimagináveis. Se você pudesse ser reconhecida e famosa, por qual razão gostaria de ser?

Gostaria de ser famosa e reconhecida pelo meu trabalho e pela pessoa que sou. E também para conhecer o mundo e novas experiências.


VAM: Está feliz com os amigos que tem? Quem são os seus melhores amigos?

Estou feliz com as amigas que tenho. Não sou de muitas amizades, mas conservo boas trocas de opiniões com Naiely e Raquel.


Na moda: É fã de algum influenciador, artista, modelo? Quem? E porquê? VAM: O que gosta de vestir?



VAM:Na moda, não posso deixar de citar a maior de todas, Gisele Bündchen.

Hoje, nesse momento, sou fã de Juliete,@juliettefreire.com.br, que representa tão bem o nordeste, por ser uma vencedora, uma verdadeira profissional e gentil.

Gosto de vestir shorts, tops ou roupas que me fazem sentir bem e que também represento bem.


VAM: Belo Horizonte: O que você mais gosta da cidade? E o que admira nas pessoas?

Sou de Belo Horizonte, portanto admiro a Lagoa da Pampulha. Gosto de respirar liberdade. Admiro o caráter e a gentileza das pessoas. É muito bom ser bem acolhida.


VAM: Curiosidades


a) Mariana, como você cuida da sua saúde física e mental?

R. Infelizmente onde moro não posso andar de bicicleta para exercitar meu corpo, costumo ler livros literários e revistas de moda juntando sonho e trabalho.

b) Sonha em desfilar ou fazer fotos para alguma marca famosa?

R. Sim. Sonho com fotos marcantes e que possam ser apreciadas por

alguma marca famosa.

c)Como você é na escola?

R. Confesso que na escola não sou comunicativa com deveria ser. Mas, cumpro com minhas tarefas escolares.

d) O que aprende com seus pais?

R. Com minha mãe, aprendo a ser responsável, cuidar de mim com capricho, amar ao próximo e outros valores necessários para a vida.

Tenho a certeza de que se meu pai estivesse presente essa aprendizagem não seria diferente. Aprendo que é muito bom não depender de ninguém.

e) Uma mensagem especial para o seu pai nesse mês especial:

R: Pai, queria muito que você estivesse aqui comigo, pois sinto sua falta. Esteja bem com a proteção do Senhor nosso Deus.