Com camisa personalizada, Red Bull Bragantino homenageia Adriano de Souza em rodada do Brasileirão

Jogadores do Massa Bruta entram em campo com ‘De Souza’ às costas e referências à trajetória do campeão mundial de surf, que se aposentará ao final do ano

Camisa personalizada será utilizada no confronto diante do Atlético-GO (Crédito: Ari Ferreira)

Em homenagem à temporada de despedida de Adriano de Souza no Circuito Mundial de Surf da WSL, os jogadores do Red Bull Bragantino vão entrar em campo com o nome ‘De Souza’ em todos os uniformes, nesta segunda-feira (28), no duelo diante do Atlético-GO, válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Conhecido como ‘capitão’ na elite do surf e camisa 13 ao longo das últimas décadas, Mineirinho ainda será homenageado com referências à sua trajetória vitoriosa pelo mundo.

"É uma homenagem merecida para um dos maiores ícones do surf brasileiro. O Adriano ajudou a elevar o nome do Brasil no esporte. Desejamos que ele se divirta, aproveite sua última temporada e tenha muito sucesso nos caminhos que decidir seguir depois de parar", afirma Léo Ortiz, zagueiro do Massa Bruta e da Seleção Brasileira de futebol masculino.

Campeão mundial em 2015, Adriano de Souza é uma das lendas da história do surf. Ícone do 'Brazilian Storm', Mineirinho integra a elite do esporte desde os 18 anos. Em setembro de 2020, ele anunciou a sua despedida da competição ao longo desta temporada, que servirá como uma turnê de encerramento de uma grande estrela. Recentemente, no primeiro dia da etapa Surf Ranch, na Califórnia (EUA), diversos surfistas competiram com o número 13 e ‘De Souza’ às costas, entre eles, os brasileiros Italo Ferreira, Gabriel Medina, Yago Dora, Miguel Pupo e Deivid Silva, além do português Frederico Morais.

A mística da camisa 13

Adriano de Souza tem o ‘13’ como número da sorte: nasceu no dia 13, o código de área do Guarujá, sua terra natal, é 013 e venceu pela primeira vez no mundial no dia 13 de outubro de 2009, em Mundaka, na Espanha. Atualmente com 34 anos, Adriano de Souza começou a surfar aos oito anos de idade, influenciado pelo irmão mais velho, o Mineiro. Aos 10, trocou as aulas na escolinha de surf na praia de Pitangueiras pelas competições e, aos 18, passou a competir na elite do esporte.

De lá para cá, coleciona várias vitórias e teve a sua trajetória registrada em documentários e filmes, como ‘Ride to the Roots’ e ‘Se Prepara’, ambos disponíveis gratuitamente na Red Bull TV. Além disso, toda a carreira de Mineirinho pode ser acompanhada pelo site https://www.redbull.com/br-pt/projects/valeu-mineiro .