Como escolher um bom profissional para evitar erros e resultados indesejados na micropigmentação

Pesquisa do profissional e contato com outras clientes ajudam a tomar a melhor decisão e escolher o lugar certo para realizar o procedimento, afirma a CEO da Gamma Beauty, que atende celebridades como Gabi Brandt, Franciele Grossi e Gisele Prattes

O que deveria ser uma mudança positiva para a autoestima e proporcionar o bem estar de se sentir bem consigo mesma pode virar um pesadelo se você não escolher um profissional capacitado para realizar a sua micropigmentação nas sobrancelhas. O procedimento que se popularizou no Brasil nos últimos anos exige uma série de cuidados antes e depois da realização. É preciso pesquisar bem e observar o histórico do micropigmentador, deixando em algumas situações o menor preço de lado, uma vez que o barato pode sair bem caro!

A micropigmentadora e empresária Nanda Gamma, da Gamma Beauty, preparou uma série de dicas para te ajudar nesse processo de escolha para ter as sobrancelhas que sempre sonhou.

Por quê ocorrem tantos erros?

Por ser algo relativamente novo, a micropigmentação não exige certificação específica para o exercício da profissão. Sendo assim, muita gente sem o preparo e conhecimento adequado começa a atuar no mercado e oferecer os serviços. Sem as melhores técnicas o resultado esperado não acontece, gerando insatisfação e mais problemas para quem realiza a micropigmentação.

É importante também que as pessoas respeitem o protocolo adequado para a cicatrização perfeita, que faz toda diferença no resultado final, como explica Nanda Gamma: “tem algo importante que nós chamamos de tríade da cicatrização perfeita. Técnica bem executada, cuidados da cliente e pigmento de alta performance. O pigmento precisa ser orgânico, sem componentes que o corpo possa rejeitar. Além disso, tem que evitar sol intenso, mergulhos no mar ou piscina, suor excessivo, maquiagem sobre o local do procedimento, não arrancar a casquinha de jeito nenhum e passar a pomada indicada para a melhor cicatrização”.

Como escolher o profissional correto

Antes de decidir onde investir o seu dinheiro e realizar o procedimento é preciso pesquisar bastante. Hoje em dia, quase todos os profissionais têm contas nas redes sociais. No Instagram, por exemplo, a maioria compartilha o portfólio. Nesse caso, você pode conferir as fotos dos procedimentos, o antes e depois, e verificar o tempo que estes micropigmentadores estão atuando. Além disso, confira os depoimentos de outros clientes e se possível, entre em contato direto com quem já realizou e peça referências daquele profissional.

É desse modo que muitos clientes conhecem o trabalho da Gamma Beauty e chegam até Nanda Gamma. “Elas conhecem alguém que fez o procedimento comigo, depois olham as redes sociais e conferem o que já fizemos”.


Prévia antes de realizar o procedimento definitivo

A Gamma Beauty oferece prévias que ajudam a entender como será o resultado final. Com a chance de ver uma projeção da sobrancelha depois da micropigmentação é mais fácil perceber se é isso mesmo que você está procurando. Mesmo sendo um procedimento considerado simples, as mudanças chamam a atenção, principalmente no período de cicatrização que vai de 7 a 15 dias. “Nós desenhamos um molde e mostramos uma prévia para a cliente. Pode ser com fio ou lápis, depende de cada caso. Só partimos para o trabalho final depois que ela for aprovada. Sempre observamos e respeitamos a genética e o desenho natural da pessoa, ouvimos o que ela espera desse procedimento e ficamos muito atentos à cor do pelo. Isso minimiza as chances de desagradar”, explica Nanda Gamma.

Remoção depois de um resultado não satisfatório

Se mesmo depois de tomar todos os cuidados na escolha do profissional e na cicatrização você não se sentir confortável com o resultado final do procedimento, é possível fazer a remoção. A micropigmentação ocorre em uma camada mais superficial que as tatuagens, por exemplo. Dessa maneira é possível remover quase 100% em poucas sessões.