top of page

Cuidados com os pets durante a Páscoa

Conheça as dicas da Mars Petcare sobre alimentação e saúde para garantir o bem-estar de cães e gatos.

Imagem: Divulgação/Mars Petcare

A Páscoa é uma data comemorativa muito amada pelos brasileiros, e o protagonista da ocasião costuma ser o ovo de chocolate. O que poucos sabem é que o chocolate é uma grande ameaça para a saúde dos pets. Dessa forma, tutores de cães e gatos devem ter atenção redobrada durante a celebração.


Segundo Natália Lopes, Médica-Veterinária e Gerente de Assuntos Científicos da Royal Canin Brasil, a teobromina, substância presente no cacau (em maior concentração nos chocolates do tipo amargo e de preparo culinário), pode causar intoxicação quando consumida mesmo em pequenas quantidades.


“A teobromina é um estimulante que interrompe os processos metabólicos dos pets. Essa substância é lentamente eliminada do organismo e possui um efeito acumulativo. Assim, ingestões repetidas em quantidades menores (não tóxicas) ainda podem causar a intoxicação. Outra particularidade desta substância é que ela age no sangue do animal por até 6 dias”, explica a Médica-Veterinária.


A intoxicação por chocolates em cães e gatos pode levar a inúmeros problemas de saúde, tais como:

  • Vômitos e diarreias agudas

  • Arritmias cardíacas

  • Hiperatividade

  • Taquicardia

  • Espasmos musculares

  • Hipertermia

  • Distensão e dores abdominais

  • Convulsões

  • Morte

Chocolates brancos, mesmo contendo quantidades menores de cacau, possuem muito açúcar e grandes quantidades de gordura, sendo também prejudiciais à saúde dos animais e capazes de provocar sintomas relacionados a gastroenterites, desordens digestivas que alteram e acometem o sistema responsável pelo processo de digestão, incluindo estômago, intestinos, fígado e pâncreas.


Geralmente, os sintomas de intoxicação ocorrem cerca de 6 a 15 horas após o consumo de qualquer tipo de chocolate ou de receitas com o ingrediente, podendo variar de acordo com a quantidade ingerida, o tipo do chocolate, o peso do e a idade do pet e o seu estado de saúde.


Natália ainda reforça que, de modo geral, o tutor deve evitar fornecer alimentos que não foram desenvolvidos especificamente para gatos e cães ou não prescritos pelo Médico-Veterinário. “Além dos riscos citados, relacionados a intoxicações, outros alimentos também podem provocar desconfortos digestivos, flatulências, vômitos e diarreia. Alguns alimentos ingeridos podem colocar em riscos a segurança do pet, como intoxicações agudas, obstruções e perfurações no trato digestivo. Desenvolver este hábito de ceder alimentos não recomendados aos pets também pode provocar um desbalanço nutricional”.


Com o propósito de fazer Um Mundo Melhor para os Pets, a Mars Petcare, detentora das marcas ROYAL CANIN®, PEDIGREE® e WHISKAS®, separou dicas importantes de cuidados com os pets durante a Páscoa. Confira!


Investir em alimentos úmidos Oferecer alimentos úmidos, além de serem altamente palatáveis e, portanto, uma boa alternativa para agradar o pet, também auxiliam em sua hidratação. Uma combinação entre o alimento seco e o úmido deve ser planejada como parte da dieta do pet, para não ocorrer um desbalanço calórico.


Adaptar brincadeiras tradicionais A caça aos ovos, por exemplo, pode ser adaptada por uma caça aos croquetes. O tutor pode esconder os croquetes pela casa, em locais que o animal tenha acesso ou utilizar comedouros interativos especiais para pets. Isso ajuda a estimular o olfato, a audição e o paladar do cão, que usará todos os sentidos para encontrar o alimento. Para desafiá-lo ainda mais, pode-se colocar os croquetes em uma caixa de papelão e fazer furos para estimular o instinto de caça.


Cuidado com embalagens e brinquedos Além dos cuidados com a alimentação, os tutores precisam estar atentos às embalagens de ovos de Páscoa e, até mesmo, com os brinquedos pequenos que venham dentro deles. Os pets podem acabar ingerindo esses objetos por curiosidade, podendo necessitar até de cirurgia para a remoção do corpo estranho.


Acionar um Médico-Veterinário de sua confiança O Médico-Veterinário é um aliado essencial para a saúde e a qualidade de vida dos pets. Caso o tutor suspeite que seu pet tenha ingerido chocolate acidentalmente, deve levá-lo imediatamente para a avaliação de um Médico-Veterinário, para evitar danos à saúde do animal. Importante frisar que não é recomendado a administração de qualquer substância ou medicamento que não tenha sido orientado por um profissional.

Sobre a Mars A Mars é uma empresa familiar, privada, com mais de 100 anos de história e dona de algumas das marcas mais amadas do mundo, como M&M’S®️, OPTIMUM™️, PEDIGREE®️, RÁRIS®️, ROYAL CANIN®️, SKITTLES®️, SNICKERS®️, TWIX®️, UNCLE BEN’S®️ e WHISKAS®️. Sediada em McLean, no estado norte-americano da Virginia, a Mars tem faturamento global de US$ 40 bilhões provenientes de seus 4 segmentos de negócio: Petcare, Wrigley, Alimentos e Pesquisa. Cerca de 130 mil colaboradores, em mais de 80 países, estão reunidos sob os Cinco Princípios da empresa -- Qualidade, Eficiência, Responsabilidade, Mutualidade e Liberdade -- trabalhando diariamente, para desenvolver relações mútuas, em linha com o seu propósito de criar o mundo de amanhã através da forma como fazemos negócios hoje.

コメント


bottom of page