top of page

Fenomenal: Chady apresenta pluralidade artística em EP de estreia

Combinação de ritmos pop aliados à referências rockabilly guiam novo projeto autoral do cantor, disponível a partir de sexta-feira, 8

Fenomenal: Chady apresenta pluralidade artística em EP de estreia

O cantor e compositor carioca Chady lança seu primeiro EP autoral, "Fenomenal", no primeiro minuto da sexta-feira, 8, em todas as plataformas de música. Composto por cinco faixas, o projeto aborda várias fases do amor, e proporciona uma experiência nostálgica para os ouvintes.


Dois visualizers de faixas inéditas, “Fenomenal” e “Quantas Vidas”, que estreiam nas próximas semanas, acompanham o registro. A direção criativa dos vídeos foi assinada pelo artista em parceria com Felipe Gomes, responsável também por “Penhasco”, da cantora Luísa Sonza.


O projeto conta ainda com outros três singles que foram lançados esse ano – “Emocionado”, que já bateu a marca de mais de um milhão de streams combinados, “Futuro Caso Antigo” e “Queda Livre”.


“Quero transmitir a sensação de amor com esse EP. Hoje em dia eu sinto que as pessoas estão cada vez menos abertas de corpo e alma para ele. Ser verdadeiro e estar em contato com os seus sentimentos é a maior qualidade que eu vejo em uma pessoa. No final do dia, o amor é fenomenal. É o maior fenômeno da natureza sem dúvidas”, reflete o cantor.


O trabalho apresenta uma combinação criativa de sonoridades, com elementos de pop, rock, música brasileira e baladas que, em alguns momentos, evocam os anos 70 e 80, em uma atmosfera romântica e intimista. Além de Chady, também fazem parte do time de composição nomes como Davi Sabbag, da antiga Banda Uó, Sebástian Piracés-Ugarte, da Francisco, El Hombre, Ana Gabriela, e vários outros.

Começando com a faixa homônima ao EP, Chady apresenta um pop dançante, que fala sobre um romance extraordinário. A música seguinte transmite os ares setentistas que o cantor traz na bagagem. Com “Emocionado”, ele canta sobre não ter medo de assumir uma paixão avassaladora.


Já em “Futuro Caso Antigo”, o clima nostálgico é mantido em uma balada que versa sobre uma amor transgeracional. “Ajudar ele a construir essa narrativa foi massa. Para essa música, pensamos sobre romances que parecem de outras vidas e criamos um jogo de palavras que conseguisse expressar de forma fiel esse sentimento”, conta Davi Sabbag.


Na próxima faixa, “Quantas Vidas”, a melancolia é transpassada nos vocais do cantor, com um pop lentinho. “Foi interessante demais participar desse projeto e ver o Chady explicando cada detalhe que queria falar na música. Entendi que ele é um grande artista e estou ansiosa para o lançamento”, conta Ana Gabriela.


O EP é finalizado com “Queda Livre”, música lançada no dia do aniversário de 25 anos do cantor, por um motivo especial. Ela foi a primeira composição do músico, e a virada de chave para que Chady percebesse o quanto a música era essencial em sua vida.


O artista começou sua carreira colocando covers no seu canal do Youtube. Iniciou o projeto com uma versão pop rock de “Por Supuesto” da Marina Sena, uma grande referência musical para Chady. Além dela, ele também se inspira em outras lendas da música, como Cazuza, Cassia Eller e Lenny Kravitz.


O carioca de 25 anos é empresariado por Arthur Marques, que também assina a produção e composição de algumas faixas do EP. Marques é responsável também por hits de Pabllo Vittar, Gloria Groove, Anitta e Iza. Em 2023, Chady também assinou um contrato com a Universal Music, celebrando uma nova fase de sua carreira.

Comentarios


bottom of page