top of page

Luxo absurdo em debate: Millionaire Speedy da Louis Vuitton custa $ 1M

A Louis Vuitton recentemente surpreendeu o mundo da moda ao anunciar não apenas uma expansão de cores para a famosa bolsa Speedy, mas também um preço exorbitante de 1 milhão de dólares, o que equivale a R$ 4,86 milhões na cotação atual. Enquanto a exclusividade do produto feito sob encomenda e os detalhes refinados em lona de couro de crocodilo com elementos dourados e pingentes de diamante impressionaram alguns, a controvérsia logo tomou conta das redes sociais.

Foto: Getty Images

Durante a Semana de Moda de Paris, Pharrell Williams, diretor criativo da linha masculina da Louis Vuitton, desfilou com a Millionaire Speedy em um tom amarelo vibrante, gerando mais atenção e, consequentemente, críticas acaloradas. Internautas questionaram não apenas o preço, mas também a escolha de materiais como couro de crocodilo, levantando debates éticos sobre a sustentabilidade e o tratamento dos animais.


A polêmica não se limita à extravagância financeira, mas expande-se para a responsabilidade ambiental na indústria da moda de luxo. O uso de couro exótico e diamantes tornou-se um ponto focal na discussão sobre até que ponto as marcas podem ir em nome do luxo e da exclusividade. A Millionaire Speedy é uma peça de arte atemporal ou um exemplo flagrante de ostentação desnecessária?

Foto: Getty Images

Essas questões, agora em destaque, transformam a bolsa em um símbolo não apenas de status, mas também de dilemas éticos na moda contemporânea. A controvérsia em torno da Millionaire Speedy da Louis Vuitton ecoa não apenas nos corredores da alta-costura, mas também nas consciências daqueles que questionam os limites do luxo em um mundo cada vez mais consciente.





bottom of page