Metaverso para profissionais de Marketing: O que vai mudar?

Atualmente, a internet e seus conteúdos estão presentes nas formas pelas quais nos relacionamos, compramos, trabalhamos, estudamos e agimos. Por isso, mais do que nunca empresas precisam estar presentes no meio digital. Afinal, é onde seus consumidores estão e continuarão por um bom tempo. O conceito de metaverso é um dos que mais tem mexido com o comportamento dos usuários e se mostra uma tendência para os próximos anos também no mercado brasileiro. Mas, você sabe o que é o metaverso, como ele impacta o marketing digital e por que é atrativo para diversas empresas?

Leia este artigo e descubra quais são as previsões de mudanças para os próximos anos no mercado online e como você pode se manter atualizado para acompanhar as inovações da década.


O que é o metaverso e como ele transforma relações sociais?

Estruturalmente, ‘meta’ significa além, e ‘verso’ é uma abreviação de universo. Ou seja, o metaverso pode ser entendido como um “universo além”, o mundo digital que vai adiante do que é real.

Logo, o metaverso é um mundo virtual que está caminhando para fazer parte da vida das pessoas. Nele é possível que os usuários acessem o sistema simulando uma realidade virtual, como se eles estivessem caminhando nas ruas, entrando em prédios ou interagindo, só que de maneira completamente virtual, como se estivessem dentro de um videogame.


Metaverso e o marketing

Tendo em vista que o metaverso é um mundo quase real no qual as pessoas definem relações e interagem de maneira muito mais ativa do que nas ferramentas atuais, fica mais fácil perceber que uma de suas tendências é trazer formas de consumo para essa realidade alternativa também.

Grandes empresas como Google, Facebook, Microsoft e Epic Games, por exemplo, já estão de olho no metaverso e começaram a investir para marcar presença.

Se o marketing digital tradicional já trabalha combinando o mundo físico com o digital para impactar a vida dos consumidores, o metaverso chega para potencializar isso e garantir experiências ainda mais imersivas. Aliás, o marketing de experiência deve ser o foco do metaverso para a aquisição de clientes, afinal, algumas das possibilidades do mundo virtual são:

  • Maior interação entre usuários;

  • Gamificação de processos convencionais;

  • Experiências que simulam a realidade em plataformas digitais.

Veja agora como o metaverso vai inovar as formas de consumo das pessoas e revolucionar a forma com a qual elas interagem com o meio à sua volta.


Interação e relações virtuais

As redes sociais se tornaram muito populares desde que se tornaram acessíveis à grande massa porque elas possibilitam interações à distância. Com a chegada do multiverso, essas relações se tornam ainda mais efetivas.

Afinal, avatares tomam o lugar dos usuários em realidades virtuais e possibilitam interações ao vivo que imitam a vida real. Ou seja, é possível por exemplo que lojas e marketplaces simulem compras virtuais como se estas ocorressem presencialmente, com o cliente indo até a loja comprar o produto – e garantindo, assim, melhores experiências e maior aproximação entre marcas e seus clientes.


Aproveitamento dos espaços

Outro ponto muito importante que possibilita inovações é a mescla entre publicidades online e virtual. Por exemplo, as pessoas podem consumir anúncios “tradicionais” como cartazes, outdoors e banners simulados nas ruas dentro do sistema do metaverso – contudo, sem que haja limitações de espaços e utilização de recursos.


Aproveite as tendências de mercado e melhore a sua presença digital

Sem dúvidas o metaverso está marcando presença no mercado online e, para acompanhar essas tendências, empresários precisam digitalizar seus processos, definir uma comunicação efetiva e mais transparente com os seus clientes e acompanhar as inovações nessa área para começar a entender de que forma elas impactarão seu negócio e como cada um pode surfar junto nessa onda.