• VAM Editoria Executiva Magazine

O primeiro semestre do Mercado Financeiro – Por Isabel Ickowzcy

As típicas festas juninas já começam a colorir o país, enquanto os aficionados por futebol vão tirar a camisa verde e amarela do armário para torcer pela Seleção Brasileira na Copa América. E o que mais esperar de junho, o mês que encerra o primeiro semestre de 2019? Se olharmos para o campo político parece que pouca coisa mudou e ainda há muito que ser feito. Apesar das tentativas de alinhamento entre governo e parlamentares, a esperada reforma da Previdência ainda não deslanchou. A previsão agora, segundo o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), é que a matéria seja votada até o final de junho. Depois o texto segue para votação do Plenário da Câmara, em meados de julho, antes de seguir ao Senado. Enquanto isso, mesmo após um domingo (26/5) de manifestações a favor da reforma e pró-Bolsonaro, em todo o país, o grande desafio para o governo continua em organizar sua base para fazer avançar a agenda com o Congresso.

Para além do cenário político, até agora, na economia nenhuma grande surpresa. O Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre de 2019 confirmou a dinâmica que nossa equipe esperava, com queda de 0,2% frente ao trimestre anterior e alta de 0,5% sobre os três primeiros meses de 2018. Agora, resta saber o que virá nos nove meses seguintes, sobretudo no segundo semestre. Obviamente, a conclusão das reformas estruturais é essencial para levantar a economia e facilitar os cálculos – ou a revisão – das estimativas do mercado.

No campo corporativo, a bola da vez é o Magazine Luiza. A varejista dis puta com a Centauro a compra da Netshoes, que vende artigos esportivos, vestuário e calçados pela Internet. Acreditamos no potencial positivo da operação para o Magalu e até elevamos o preço-alvo da ação MGLU3.

A incorporação da Netshoes vai ampliar ainda mais o mix de produtos do Magalu, caso a mesma saia vencedora da disputa com a Centauro. Além de eletrodomésticos, eletrônicos e livros, a companhia passará a vender vestuário, calçados e artigos esportivos, sem falar na plataforma do marketplace que disponibiliza, atualmente, 5,4 milhões de itens de 5 mil vendedores, BR Distribuidora também está no radar, após a Petrobras divulgar (dia 22/5) que pretende vender uma fatia de sua participação na rede de postos de gasolina.

O negócio será conduzido através de uma oferta pública secundária de ações (follow-on), que pode sair a qualquer momento. E o que esperar das empresas que têm ações negociadas em bolsa daqui para frente? Com a taxa Selic em 6,5%, a menor de todos os tempos, as empresas reduziram o custo de suas dívidas, podem respirar e planejar novos investimentos.

Além disso, temos uma perspectiva positiva quando a aprovação de reformas estruturais no país, como da Previdência, que anima os empresários.

Formulário de Inscrição

Contato: antonnio@vammagazine.com.br

Endereço: Honório Magno, 290. RS-SM

Telefone +5555997127649

20191019121420_4742995258.png

Este site foi criado com o objetivo de Popularizar a moda em seus segmentos e de forma consciente.

Edições da VAM Magazine na plataforma estão disponíveis para acesso.

Nossa equipe de apoiadores e parceiros agradecem por você estar conosco!

Revista digital, desde 2019.

  • Instagram

©2021 por VAM Magazine. Orgulhosamente criado com Wix.com