O que é Arquitetura Sustentável?



Antes de definir o que é arquitetura sustentável é necessário entender que a sustentabilidade se apoia em três bases: preservação ambiental, viabilidade econômica e valorização social. Do mesmo modo, as construções sustentáveis buscam minimizar os impactos causados ao meio ambiente, ser financeiramente viáveis e promover o desenvolvimento social, oferecendo condições de conforto e usabilidade aos ambientes projetados.


Toda e qualquer obra causa impactos ao meio ambiente, desde o período paleolítico, em que o homem começou a habitar as cavernas modificando o seu ambiente para se adaptar às severas condições climáticas, até a construção dos arranha-céus de Chicago, em que era comum o uso dos condicionadores de ar para criar ambientes artificialmente confortáveis.


Oca

Foto: jmarconi


Apesar do termo “arquitetura sustentável” ter ganhado destaque no final dá década de 80, com a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento Humano, durante a ECO 92 que ocorreu no Rio de Janeiro, a arquitetura ecológica já era empregada no Brasil, nas construções de taipa e nas ocas indígenas que utilizavam materiais disponíveis na região, mão de obra local e ainda por cima eram climatizadas naturalmente, cumprindo sua função social de abrigo.


Com os avanços tecnológicos e as reflexões sobre o modo de vida urbano a nova arquitetura sustentável busca se adaptar as necessidades humanas atuais, utilizando os recursos naturais com sabedoria, através de técnicas construtivas e materiais ecológicos a fim de proporcionar melhor qualidade de vida para as gerações presentes e futuras.