Uma história de inovação: Guccio Gucci

Guccio Gucci nasce em Florença em 1881, e em 1921 fundou em Florença seu nome para vender artigos de couro principalmente luvas e malas. Mas nem sempre foi assim, pobre, viaja para Londres para tentar vencer na vida, la trabalhou como ascensorista e maleiro, no requintado hotel Savoy.

Em 1905, voltou para a Itália e casou-se com Aida Calvellie e lá tiveram 6 filhos. Um deles faleceu ainda criança.

Primeira fábrica G.Gucci

Em Florença no ano de 1920, Gucci fundou uma pequena loja de selaria de couro. Como era um artesão, começou a fabricar selas de cavalos, bolsas e acessórios de couro, tudo como uma pequena loja familiar. Prestando bastante atenção no estilo Inglês, percebeu que valorizavam muito a corrida de cavalos (até hoje é assim), estribos, grampos, selas e freios.


Em 1921 juntou todas as economias (30 mil liras), para abrir a primeira loja na sua cidade natal. A loja vendia malas e valises super luxuosas, feitas em couro de alta qualidade produzidos pelos melhores artesãos da região da Toscana. Tudo no mais alto padrão. Volta para Florença e resolve arriscar abrindo a Marca Guccio Gucci no coração do centro histórico, estávamos em plena continuação do que tinha sido no final do seculo XIX, o Gran Tour, onde os ricos aristocratas europeus viajavam entre a Europa e levavam seja as grandes malas, sejam também seus acessórios de cavalaria. Pensando nisso na década de trinta, muitos dos clientes de Guccio eram italianos aristocratas com o hobby das corridas de cavalos. Foi um sucesso pois Guccio desenvolveu as bitolas que seriam um dos componentes ícones da marca até hoje.


Em 1955, Guccio resolve inovar pela primeira vez e abre uma loja na rua 58 de Nova York e a partir daquele momento iniciou-se a expansão americana que consagrou seu sucesso internacional.

Sofia Loren sempre foi fã da marca e acabou se tornando uma referência de elegância e glamour, também por usar Gucci

Os produtos Gucci muito rápido se transformam, em questão de 1 ano, Gucci rapidamente construiu uma reputação de qualidade, contratando os melhores artesãos que encontrou para trabalhar em seu ateliê ( a primeira loja da grife).


O jovem Gucci, que andava sempre impecável e elegante, tornou-se um empresário. Não demorou muito para que a alta burguesia e a nobreza da cidade de Florença descobrissem seu talento, e começassem a procurar seus produtos. em produtos de sucesso, as pessoas faziam fila para comprar uma bolsa ou mala Gucci, devido ao seu design exclusivo e também a qualidade impecável da marca.

Aldo Gucci, o filho que prosseguiu com o sonho do pai

Foi em 1960 que seu filho Aldo Gucci, um dos três filhos de Guccio, desenha os dos GG cruzados numa respeitosa dedicatória ao pai, que sofreu tanto, passou fome e saiu da pobreza através do glamour da época.


Guccio foi extremamente inteligente no observar a tendência de Londres, no vai e vem dos ricos europeus e soube fazer de uma ideia, um império.