top of page

Vanessa Giacomo, entrevista para a capa da revista VAM Magazine

Atualizado: 27 de jun.

Referência no mundo artístico brasileiro, Vanessa Giacomo, essa carioca de 38 anos, com competência e versatilidade, se destaca na teledramaturgia como uma excelente atriz e encanta com a beleza típica da mulher brasileira.


Em 2002 despontou nas telinhas em Malhação e em 2004, a morena nascida em Volta Redonda, deu vida à personagem Zuca do remake de “Cabocla”. Um grande sucesso da Rede Globo de televisão. Desde então, só brilho e luz. Vanessa empresta seu talento para personagens marcantes que ressaltam ainda mais sua competência e seu amor pelas artes.


Duas Caras”, “Paraíso”, “Caras & Bocas”, “Morde e Assopra”, “Gabriela”, “Amor à Vida”, “Império (atualmente no ar), “Pega Pega”, “O outro lado do paraíso”, “O sétimo Guardião” e “Filhos de Eva”, são alguns dos inúmeros trabalhos em que a bela atuou enchendo de beleza e talento nossos momentos de entretenimento, com muita simpatia e habilidade. Mas não para por aí, Vanessa também é destaque no cinema e no teatro. Além disso, diversos prêmios conquistados ao longo de sua carreira, coroam suas brilhantes interpretações.


A menina nascida em Volta Redonda, no Sul Fluminense, cresceu e se tornou uma bela atriz, dona de muita autonomia e versatilidade para interpretar diversos personagens que fazem com que, cada vez mais, seu sucesso desponte e seja sedimentado nas redes sociais com milhares de fãs e seguidores. Linda, antenada e talentosa, encanta um público fiel, cada vez mais apaixonado por sua arte. Uma artista completa que, através de sua paixão pela profissão, demonstra disciplina e valores, sempre a favor de sua essência e do que ela acredita.


Na vida pessoal, a atriz é bastante discreta. Já deixou claro que, seu universo particular não deve ser maior que seu trabalho, uma vez que faz por amor e não apenas para ser ou viver uma vida de celebridade. Casada com um empresário do mundo do futebol, ela divide sua atenção e os cuidados com o marido e os três filhos: Raul, Moisés, e a linda Maria, única menina linda.


E por tudo isso, por todos estes atributos e competência, não poderia deixar de ser, temos a honra de ter essa grande artista e profissional de excelência, em nossa capa. E com sua generosidade, Vanessa Giacomo está presenteando os leitores da VAM Magazine com uma entrevista exclusiva, deliciosa e inspiradora. Refletindo, sem sombra de dúvidas, o espelhamento da alma feminina através da beleza e do talento que fazem parte de sua história de sucesso.


VAM + Vanessa

VAM: Em que momento você percebeu que o mundo das artes era o que você queria para sua vida? Quando e de que forma descobriu que queria ser atriz?

Vanessa: Eu sempre me vi como uma amante de arte. E aos poucos fui entendendo que eu fazia parte daquele universo. O teatro foi a porta de entrada, mas hoje entendo que vai muito além disso. Sou curiosa e interessada pelas mais diversas manifestações artísticas e isso está presente na minha vida na escrita e em outros negócios como moda e culinária. Aliás, daí a motivação para o lançamento da minha marca de pijamas, Amai, e o meu restaurante, que está nascendo.


VAM: Sua família te incentivou no início da carreira? Precisou quebrar alguma barreira?

Vanessa: Sempre recebi apoio e incentivo. Eu sou do interior do Rio, de uma cidade chamada Volta Redonda. Não fica tão longe da capital, ainda assim o sonho de ser atriz e a dedicação à carreira para fazer as coisas darem certo exigiu que eu saísse de casa cedo. Tive que encarar a cidade grande sem ter a minha família por perto, fisicamente. Porque emocionalmente eles seguiram e seguem comigo.

 

VAM: Qual trabalho ou qual personagem que você já fez, que considera o mais marcante? E por que?

Vanessa: Não tenho uma resposta para isso. É impossível escolher porque a minha trajetória é fruto de todas essas personagens que me impactaram de diferentes maneiras. Poderia até citar Cabocla, por ter sido a primeira, mas seria injusto com meus outros trabalhos. Umas fizeram mais sucesso com o público, outras me desafiaram mais, exigiram mais de mim... e por aí vai!


VAM: Você empresta muito da Vanessa para a composição de seus personagens?

Vanessa: Nem sempre. Acho que muito pouco. Acho que é uma característica da minha personalidade artística manter um distanciamento sem demandar muita energia da minha parte. Talvez as minhas vivências e as minhas observações estejam mais presentes nas minhas personagens do que a minha personalidade em si.

 

VAM: Em quem podemos dizer que a Vanessa se inspira na carreira?

Vanessa: Em tanta gente!!! Em mulheres fortes que passaram pela minha vida, em muitas colegas com quem já contracenei, em ídolos que admiro ao longo da minha trajetória. Eu bebo de muitas fontes. Por vezes um artista chama a minha atenção pela forma como ele se comporta nos bastidores. Outros me encantam pela entrega à profissão. E, claro, há gênios da interpretação que sempre me fazem parar para prestar atenção.

 

VAM: Estar em uma novela, exige muito do artista pela dedicação intensa. Como consegue conciliar a vida familiar e a carreira, quando está com algum trabalho no ar?

Vanessa: Eu sou muito organizada e prática. Tem gente que gosta de complicar o que já complicado. Eu sou do time que gosta de facilitar. E isso vale para a minha rotina também. É claro que tenho pessoas que me ajudam, e isso facilita e muito esse meu discurso de organização. Mas eu tento colocar minhas obrigações e meus desejos em ordem de prioridade. A minha família está sempre no topo das minhas atenções e do meu tempo. Quando o trabalho aperta mais, porque tem momentos em que a dedicação exigida é bem mais intensa, tento distribuir meus horários para estar presente em momentos importantes na relação com meus filhos e meu marido.


VAM: Qual foi seu maior desafio na vida até aqui?

Vanessa: Nossa, que difícil isso... Ter saído de casa, recomeçar minha vida após a perda da minha mãe, a maternidade... são tantos!

 

VAM: Qual sua maior conquista?

Vanessa: Acho que o combo: família + trabalho + amigos! Tudo isso é fruto de dedicação e entrega. Resultado de uma vida inteira que eu encaro com muita responsabilidade, lealdade e desejo de me tornar alguém melhor, dia após dia.

 

VAM: Você tem algum segredinho de beleza que gostaria de contar aos seus fãs?

Vanessa: Eu sou uma grande alquimista. Eu acho que o maior segredo de beleza é um segredo de autocuidado. A gente precisa se conhecer e olhar pra gente com carinho. E entender que tudo bem em querer melhorar, desde que isso não custe a nossa autoestima. Quando a gente se conhece, a gente experimenta coisas novas e passa a se cuidar mais. E isso passa pelas coisas mais simples, como a hidratação do cabelo, a esfoliação da pele...

 

VAM: A Vanessa Giacomo é uma perfeccionista? Se cobra perfeição ou trabalha sem neuroses, suas atividades cotidianas?

Vanessa: Eu acho que estou no meio do caminho. Sou exigente sim e não me entrego em nada pela metade. E meu nível de exigência comigo é alto. Mas não posso me maltratar. Essa cobrança excessiva é cultural, mas acho que ligo os meus alertas quando percebo que estou entrando nesse mood. Tente me autopreservar, e acho que só consigo seguir por esse caminho porque sei da minha entrega, dedicação, responsabilidade e seriedade. A gente precisa entender e aceitar que nem tudo está sob o nosso controle.


VAM: Sabemos que você é uma mãe dedicada e muito presente na educação e cuidado dos seus filhos, por isso, descreva como a maternidade modificou sua vida?

Vanessa: Modificou completamente porque eu acredito que a maternidade se exerce com exemplo, muito mais do que com discurso. Não adianta ter aquela teoria perfeita se meus filhos enxergam outra coisa. Além disso, meus filhos vêm em primeiro lugar. Passei a conhecer um amor profundo e sem nenhuma cobrança. Passei a sentir alguns medos, porque quero estar presente em todas as fases da vida deles. Mudei as minhas prioridades.

 

VAM: Como é administrar a rotina de mãe, carreira, esposa, filha?

Vanessa: Acho que é um pouco do que respondi anteriormente. É um equilíbrio de uma equação entre prioridades e organização.


VAM: Como mãe de três filhos, como você vê o momento que estamos vivendo, em meio a uma pandemia?

Vanessa: É muito delicado. A prioridade, sempre, é o cuidado com a saúde. Temos uma batalha que não está ganha. Nem de longe... E uma pandemia não tem nada de positivo! Nada!!! Todas as medidas sanitárias, como uso de máscaras e isolamento social são as nossas armas nessa luta. São essenciais. Mas sabemos que precisamos lidar com a recuperação econômica, e isso é um baita desafio para um país tão desigual quanto o nosso. A gente vai se adaptando, dialogando e entendendo as necessidades dos filhos, dosando o quanto de informações devemos dividir, aprendendo sobre essa realidade que passou a acontecer no mundo digital...

 


VAM: Qual papel da TV você gostaria de ter interpretado?

Vanessa: Não tenho algo em mente. Quero personagens que me deixem com frio na barriga, bom texto e boa história. Que me permita estar com bons autores e diretores. Que me presenteie com encontros incríveis com colegas cuja troca seja um prazer para ambos os lados.

 

VAM: Como você se autodescreveria?

Sou uma mulher que ama a família e que vive cercada de amigos - mesmo que seja virtualmente nos dias de hj. Sou dedicada e grata por trabalhar com algo que alimenta a minha alma. Acho que consigo equilibrar a praticidade e a doçura - pois cresci rodeada de muito amor. Sou uma artista inquieta e amo empreender.

 

VAM: O que podemos esperar de novidades na carreira da Vanessa nos próximos meses?

Vanessa: Em breve terei novidades, com uma nova personagem. Mas ainda está tudo muito embrionário. Estou lançando uma nova coleção da Amai e meu restaurante caminha a passos largos para a abertura.

 

VAM: Falando em desejos e sonhos, onde quer chegar e o que ainda falta conquistar?

Vanessa: Gosto de dar um passo de cada vez. E acho que um objetivo, um sonho alimenta o próximo que está por vir... Pensado na minha realidade hj, almejo ver meu restaurante aberto e que ele se insira numa realidade menos dura, mais segura e com esperança.


VAM: Qual seu lema de vida?

Vanessa: Nunca o respeito ao próximo foi tão urgente. Acho que é nisso que penso hj em dia.


VAM: Deixe uma mensagem para os fãs que acompanham sempre te acompanham.

Vanessa: Primeiro de tudo, tenho que agradecer! Agradecer pelo carinho, pelo apoio e pela admiração. E dizer que estamos encarando dias de muita luta e dificuldade, e isso tem impactos diferentes na vida das pessoas.

Mas que tenhamos esperança por dias melhores.


Equipe:

Assist foto: @leticia_lavatori

Assist stylist: @mmatheussimas


Comentarios


bottom of page