10 anos sem Amy Winehouse

Ecad aponta que "Rehab" foi a música mais tocada no Brasil nesta década sem a artista

Outros sucessos de Amy Winehouse se destacaram no levantamento. “Back to black", uma das músicas mais marcantes da artista e que também é o nome do segundo álbum de estúdio da cantora e compositora britânica, foi a segunda mais tocada no país entre 2011 e 2021. Logo em seguida, "You know I'm no good" aparece na terceira posição do ranking.

Amy Winehouse tem 57 músicas e 330 gravações cadastradas no banco de dados do Ecad. Nos últimos 10 anos, mais de 50% de seus rendimentos em direitos autorais no Brasil foram provenientes dos segmentos de Rádio e TV.

De acordo com a lei brasileira do direito autoral (9.610/98), após a morte de Amy Winehouse, seus herdeiros receberão os direitos autorais pela execução pública de suas músicas por 70 anos. Os valores arrecadados no Brasil são distribuídos pelo Ecad para a associação brasileira que representa Amy e esta, por sua vez, repassa esses valores para a associação estrangeira à qual o artista é filiado.

“A perda prematura desta artista é algo ainda doloroso. Sua carreira prometia um caminho surpreendente e belo. Sua voz e forma muito particular de interpretação jamais serão esquecidos”, disse Marcello Castello Branco, diretor executivo da União Brasileira de Compositores (UBC), associação que representa Amy no Brasil.