top of page

Dirt Dogs Rally avança mais uma etapa do Sertões e abre a semana rumo a Campo Grande (MS)

Cinco dos sete pilotos da equipe completaram a 2ª etapa. O catarinense Fellipe Scaini fechou a Especial em 3º na Moto 3 e está na vice-liderança da categoria, no acumulado.

Fellipe Scaini sobe na classificação acumulada e é vice-líder na Moto 3 (José Mário Dias/Fotop)

A etapa Braço Forte (nesta edição nomes das etapas homenageiam o bicentenário da Independência), segunda do Sertões (28/8), pode ser chamada de dia da superação para a equipe Dirt Dogs Rally. O percurso de Umuarama (PR) até Presidente Prudente (SP), com 535 km, foi marcado por resultados positivos para o time mas também por algumas quedas. A equipe é composta por sete pilotos (quatro paulistas, dois catarinenses e um paranaense). Cinco deles já participaram do Sertões e dois são estreantes.


Na categoria Moto 3 são cinco pilotos da equipe. O catarinense da cidade de Tubarão, Fellipe Scaini #29 (KTM EXC-F450), completou em 3º e 16º na geral. Com o resultado subiu para vice-líder na categoria, após duas etapas. Marcos Miotto #32 (KTM EXC-F450) em 5º e 23º na geral e ocupa a 5ª posição no acumulado da categoria. Danilo Tuka #66 (Honda CRF 450X) terminou em 13º e 46º na geral e está em 11º no acumulado. Já o resultado dos estreantes no Sertões, ambos moradores de Itu/SP foi: Thiago Ostorero #63 (KTM EXC-F 450), em 8º e 30º na geral e está em 7º no acumulado. Murilo Cruz #62 (Honda CRF 450X), por sua vez, terminou em 11º e 36º na geral (13º no acumulado).


Quedas – Diferentemente de outras categorias, os pilotos de motos estão mais expostos a quedas e mais sujeitos a se machucarem. Além de ter dupla função, pois pilotam e navegam ao mesmo tempo, a concentração precisa ser redobrada. Na Especial de domingo, três sofreram quedas e apenas um retornou à prova.


O prudentino Luís Santos #73 (Yamaha WR450) que seria recebido por familiares e amigos em sua cidade natal não concluiu a etapa. Caiu próximo ao Km 170 da Especial, bateu a cabeça e chegou a desmaiar, mas como o outro piloto da equipe, Murilo, vinha logo atrás e é médico, ele fez os primeiros procedimentos até o helicóptero chegar. Fez todos os exames no hospital de e horas depois foi liberado. “Vinha bem na etapa, cheguei a ultrapassar mais de 10 pilotos antes da queda. Bati a cabeça então fiz todos os exames e como os resultados foram satisfatórios fui liberado pelo médico e vou largar para a próxima etapa”, explica Santos. “Temos que andar 100% equipados além de contar com o resgate sempre de prontidão. Mas rali é isso”, completa o piloto.


Já o catarinense Edson Candoca #67 (Kawasaki KLX450), 51 anos, não teve a mesma sorte. O piloto quebrou a bacia e o nariz e segue internado. Danilo Tuka também sofreu uma queda e como ele mesmo explicou chegou a “apagar” por alguns segundos mas se recuperou e voltou para Especial e completou o dia. Por Murilo ter socorrido o amigo de equipe e ter acompanhado o resgate de Santos, teve os 48minutos descontados do seu tempo total da Especial, pela organização da prova. “A Especial não teve as características que gosto de andar. Porque foi um circuito dentro de uma fazenda de cana, com muito vai e volta, mas teve trechos bons também. Foi uma etapa de superação e vale reforçar a união de nossa equipe”, destaca o piloto que é pediatra.


Nesta segunda-feira, a 3ª etapa “Formoso Céu” terá um total de 785 km, entre Presidente Prudente (SP) e Campo Grande (MS). É uma Especial rápida com muitas lombas e costelas, bem sinuoso por ser uma área de pecuária. Trechos de alta até a entrada em um canavial. Fica travada e nos últimos quilômetros volta a ser rápida com trechos sinuosos. Piso predominante arenoso com cascalho e piçarra no trecho final.


Sertões em tempo real - Para acompanhar o rali em tempo real, com o numeral do piloto, e também para acessar todas as informações do rali fazer o download do App do Sertões, grátis no Googleplay ou Apple Store. Diariamente são três programas transmitidos ao vivo - às 8h, às 15h e às 20h no www.youtube.com/sertoesoficial.


Resultados completos no https://sertoes.com/resultados-app/


A Dirt Dogs Rally tem patrocínio da Agroflex, Cotton Wrap, PackLixo/ExtrusaPack e apoio da DS2 Engenharia, Plastolândia, Grupo Scaini, Candoca Supermercados, Certrel, HS Salvaro, Aprov, Giassi e Quimicer. Mais informações sobre a equipe no www.dirtdogsrally.com.br e Instagram @dirtdogsrally


Roteiro 30ª edição Sertões – 26/8 a 10/9

Único piloto de São Bernardo do Campo/SP no grid, Miotto está em quinto na Moto3 (Doni Castilho)

3ª etapa – 29/08 – Presidente Prudente SP / Campo Grande MS Trecho Cronometrado – 307km Total do dia – 785Km

4ª etapa – 30/08 – Campo Grande MS / Costa Rica MS Trecho Cronometrado – 382km Total do dia – 477Km

5ª etapa – 31/08 – Costa Rica MS / Barra do Garças MT Trecho Cronometrado – 526km Total do dia – 636Km

6ª etapa – 01/09 – Barra do Garças MT / S.Felix do Araguaia MT Trecho Cronometrado – 523km Total do dia – 682Km

7ª etapa – 02/09 – S.Felix do Araguaia MT / Palmas TO (Maratona) Trecho Cronometrado – 142km Total do dia – 581Km

03/09 – Sábado – Dia de Descanso (Palmas/TO)

8ª etapa – 04/09 – Palmas TO / Mateiros TO (Maratona) Trecho Cronometrado – 423km Total do dia – 521Km

9ª etapa – 05/09 – Mateiros TO / Bom Jesus PI Trecho Cronometrado – 409km Total do dia – 510Km

10ª etapa – 06/09 – Bom Jesus PI / Bom Jesus PI Trecho Cronometrado – 329km Total do dia – 329Km

11ª etapa – 07/09 – Bom Jesus PI / Balsas MA Trecho Cronometrado – 219km Total do dia – 553Km

12ª etapa – 08/09 – Balsas MA / Imperatriz MA Trecho Cronometrado – 155km Total do dia – 405Km

13ª etapa – 09/09 – Imperatriz MA / Paragominas PA Trecho Cronometrado – 358km Total do dia – 462Km

14ª etapa – 10/09 – Paragominas PA / Salinópolis PA Trecho Cronometrado – 126km Total do dia – 353Km

Km TOTAL: 7.201km Km ESPECIAL (trecho cronometrado): 4.378km


bottom of page