Saiba o que está na moda na Itália

Padrya Bucar, Colunista VAM Magazine.

Guia Oficial de História e Arte do Governo da Itália.


Para começarmos a conversar tenho que revelar que a Itália não é um país somente de sabores, de arte, de história, tem um mundo que gira em torno a moda.

Essa moda que dispensa qualquer comentário bem como a moda francesa, mas de onde vem esse fascínio?

Che Cambia

Já nos séculos antes de Cristo os etruscos elaboravam de uma maneira moderníssima as suas joias para usar como brincos, colares, adornos de vestidos, feitos de que forma? Manualmente!

Isso sim é um dos pulos do gato da moda italiana, ser feito tudo como quando os etruscos elaboravam seus adornos, aqui na Itália e estou falando particularmente de Florença onde moro respiramos roupas feitas à mão, desenhos feitos exclusivamente para uma saia, uma blusa, o estilista ainda conversa com a costureira ou a "sarta" (como eles falam de uma forma mágica), os olhares se encontram e um sabe já o que o outro deseja. É uma combinação que deu sempre certo e agora mais do que nunca está funcionando.


Tecnologia? MUITA! Sem ela hoje no vamos para caminho algum, mas sempre com o toque final e principal feito à mão, desenhos que do papel passam para as estampantes e imprimem a moda.

Todos grandes estilistas estão voltados para o produzido à mão aliado à tecnologia, não cito o do nome das marcas porque todos sabemos quem são e que são famosos mundialmente, mas com a pandemia se identificou um novo conceito na Itália, o conceito de se renovar no passado, pegar inspirações nos etruscos, Florentinos, de muito tempo atrás para se nutrir de ideias, sem uma raiz a arvore não cresce.

Art Aurea

O que está na moda? Muita textura natural, tecidos orgânicos, reciclados, uma atenção ao passado, muitas grifes retornaram às origens e estão redesenhando coleções passadas em uma originalidade moderna.

E nem falei ainda de uma mega curiosidade, se eu for hoje em uma das muitas costureiras que tem o seu espaço (verdade, não vamos na casa dela, cada uma tem um espaço com as maquinas de costura e lá decidimos juntas o que será refeito, isto mesmo) fazemos como os estilistas fazem nas fabricas, olhamos a roupa que já não está mais de moda ou que não gostamos mais e a costureira dá o toque especial de modernização. A moda se tornou reciclar sapatos, os sapateiros também possuem o seu espaço onde tem suas maquinas e o mesmo diz: "vamos colocar um botão, ou pintamos de outra cor?'

Não estamos brincando de refazer nossas roupas, e será isso tudo porque ainda estamos na pandemia? Necessidade? O que você pensa sobre isso?

Não sei, só sei que estou adorando esse brincar de ser estilista, lógico que o mundo do luxo continua a caminhar e vender bem mais do que vendia antes do covid19, mas o gosto de ver uma roupa que até pagamos caro há 10 anos atrás ser restaurada e refeita, mais moderna, consciente e mais querida, porque partiu de mim, porque partiu de uma troca de olhares, porque partiu de uma ideia original.

Novo "pulo do gato" italiano.