Quais as tendências na moda em 2022?

Marcas que definimos como como tendência em 2022: Apartamento O3, Martins, Lenny Niemeyer, Von Trap, Bottega Veneta, Chanel, Gucci. Leia mais:

Redação por Barbara Do Prado Pereira, Colunista de Moda e tendências

Editor Chefe, Antonnio Italiano


O ano já virou, o carnaval está chegando e as tendências do ano de 2022 já deram as caras no ano que passou. Daqui para frente veremos estéticas mais ousadas e coloridas nas ruas. Pelo menos é o que o momento em que estamos vivendo “pede”. Cada vez mais vamos entender também como a moda conta a história do momento, e isso acontece porque as tendências são manifestações da sociedade de uma época.


Vamos começar falando da cor do ano escolhida pela Pantone. Talvez, “escolhida” não seja o termo mais correto, pois este ano a Pantone criou uma cor ao invés de escolher uma cor entre as milhares de opções do seu catálogo. A cor é a Very Peri, os especialistas a descrevem como uma mistura do azul com um sub tom do vermelho. Esse mix de cores se transforma em um roxo, lilás, lavanda, ou como queiram chamar. Em suma, Very Peri representa o zeitgeist, ou seja, o ar dos tempo em que estamos vivendo. Com o grande período de isolamento vivido, hoje nossas vidas passam por uma intensa transição. O design digital, as tendências nos jogos, o metaverso, e a comunidade artística usam cada vez mais os meios tecnológicos e tudo isso reflete na fusão entre os dois mundos: o moderno e o digital. Todo ano a indústria em geral aguarda o tão esperado anúncio da cor do ano pela Pantone. Isso pois a empresa se tornou referência internacional e influencia na decisão no desenvolvimento de produtos.



O otimismo em relação ao futuro chega também na forma de cores. Esperamos que este ano possamos voltar a nossa vida normal, sem tanto medo do que possa acontecer. Por isso, as peças se apresentam em cores alegres e solares. Os acessórios também não ficam para trás e acompanham a produção colorida. Vimos essa estética na SPFW 2021 e nos desfiles de Primavera/Verão 2022 que se apresentaram na Europa.


A moda sustentável veio para ficar. Conhecido também como eco fashion, é um conceito que se preocupa em banir ou minimizar os impactos ambientais gerados no processo do desenvolvimento de produto. O conceito de fast fashion, roupa rápida e barata, ganhou força nos anos 90, e em nada contribui para o meio ambiente. Pelo contrário, a produção das peças é feita em países de terceiro mundo e muitas vezes em péssimas condições de trabalho. A roupa vai desde o plantio do algodão até o seu descarte. Por isso, saber quem a produz, e quais são as condições de trabalho desses trabalhadores é tão importante.


Escondemos muito o corpo durante os últimos dois anos de pandemia, e no primeiro sinal de flexibilização, pudemos observar a vontade de “se mostrar” das pessoas. Pele à mostra, recortes, transparências, decotes, brilho, fendas, vieram repaginadas com shapes e tecidos diferentes. O Confy e o sexy se misturam com perfeição dando origem a um novo conceito de sensualidade.


Seja com o Very Peri ou com cores mais quentes, com tecidos mais naturais ou com os mais brilhosos, o importante mesmo é aprender e evoluir com a moda. O consumo consciente nos apresenta um novo modo de encarar tudo isso. Comprar uma peça de roupa sem saber sua origem e em quais condições ela foi fabricada, não é mais o caminho. Somos indivíduos e pertencemos a um amplo sistema social, onde ser interessado, buscar informações e fazer as escolhas certas, já te deixa na frente de muita gente.


Marcas que definimos como como tendência em 2022: ApartamentoO3, Martins, Lenny Niemeyer, Von Trap, Bottega Veneta, Chanel, Gucci.