Antonio Saboia fala sobre o Festival de Cinema de Veneza, Bacurau e muito mais. Veja a capa

Antonio Saboia abrilhanta as páginas da Revista VAM Magazine com fotos incríveis e uma entrevista super envolvente, mostrando toda a versatilidade de um legítimo ator franco-brasileiro. Nascido na França, filho de mãe francesa e pai maranhense, esse jovem de 36 anos, possui um currículo invejável com obras belíssimas que somam mais de 13 filmes. Entre eles, o “Deserto particular” premiado no 78 Festival de Veneza que trata sobre a afeição masculina no Brasil contemporâneo. Saboia dá vida ao protagonista Daniel.


Sua impecável interpretação no filme “Órbitas da água” lhe rendeu o prêmio de melhor ator. Também autou em “Bacurau”, “Os últimos dias de Gilda”, “O lobo atrás da porta”, “Rotas do ódio” e “Felizes para sempre”.


Quer saber mais sobre esse ator dinâmico, lindo e competente que encanta com sua delicadeza e maestria de atuação? Então, acompanhe a entrevista exclusiva que Antonio Saboia gentilmente nos concedeu e confira também as fotos exclusivas nas páginas desta edição. É de tirar o fôlego!


Assista as respostas de Antonio para o "ping-pong" na live do Instagram VAM Magazine.

Descreva o ser humano Antonio Saboia? Como você se auto define?

Persistente e obcecado com o trabalho e carente de passar tempo de qualidade com as pessoas que amo. Só temos essa vida para realizar nossos sonhos e viver momentos ricos com quem importa. De resto, sou bem caseiro. Gosto de ver um bom filme, ler um bom livro, enfim, amo meu sofa!


Quando você descobriu que ser ator e que atuar era o que você queria para sua vida? E como foi a construção dessa profissão tão bela?

Eu tinha 16 anos, fazia teatro há um ano. Não sabia como abordar uma cena de briga entre uma figura poderosa de uma cidadezinha e sua esposa. Naquela semana passou a trilogia do Poderoso chefão na TV, pirei nos filmes e decidi me inspirar de uma briga entre o Michael e a Kay (no Poderoso Chefão II)


Pela primeira vez mergulhava em uma cena. Foi tão prazeroso e a recepção foi tão boa que pensei “talvez eu faça isso da minha vida”.

Depois fui estudar artes cênicas em Londres onde morei 5 anos. Tive professores incríveis e voltei para o Brasil tentar a minha sorte.

Ralei um bom tempo e em 2013 consegui meu primeiro protagonista na série Beleza S/A idealizada pela Andrea Barata Ribeiro (O2)


Filho de mãe francesa e pai maranhense, como é conviver e como foi crescer em meio a essa mistura de culturas boas?