top of page

Executiva Top Voice dá dicas para criar um perfil de destaque no LinkedIn

Bruna Marques, que também é head de Atração, Comunicação Institucional e Employer Branding do Pravaler, explica o que é necessário destacar na rede profissional para conseguir o primeiro emprego.

Em um momento, no contexto global, em que o mercado de trabalho utiliza, cada vez mais, novas tecnologias e soluções digitais, aqueles que buscam uma brecha para ingressar no mundo corporativo devem estar atentos a essas mudanças. Segundo a Kinsta, atualmente, cerca de 87% dos recrutadores utilizam o LinkedIn regularmente para realizar seu trabalho e encontrar novos colaboradores em meio aos mais de 850 milhões de usuários da plataforma.

Por isso, para ampliar as chances de, de fato, conseguir uma nova oportunidade profissional, perfis coerentes e bem organizados têm mais chances de se destacarem, e ferramentas de IA podem ser de grande ajuda, como explica Bruna Marques, que além de ser head de Atração, Comunicação Institucional e Employer Branding do Pravaler, é Top Voice de Equidade de Gênero no LinkedIn. “Muito tem se falado do ChatGPT e como essa inteligência artificial se popularizou para produção de conteúdos. Utilizada com coerência, essa ferramenta pode ser uma forte aliada na construção de um perfil profissional mais atrativo, para que o usuário tenha mais visibilidade e seja assertivo na venda do currículo digital”. Redes como essa, hoje, são mais do que comunidades sociais. São mecanismos poderosos, que podem fazer toda a diferença para as pessoas que buscam o primeiro emprego. Inúmeros recrutadores, CEOs e outros profissionais recorrem à plataforma para expandir o networking e, a partir daí, criam-se oportunidades de contratação. Por isso, aqueles que acabaram de iniciar sua jornada profissional, ou desejam fazê-lo, devem utilizar todos os recursos possíveis para se destacarem entre os demais candidatos. Bruna Marques, que faz parte da lista de vozes que utilizam o LinkedIn para conscientizar e levantar o debate do que é preciso superar para avançarmos em direção a um mercado de trabalho com equidade de oportunidades, lista 8 dicas para potencializar seu perfil na rede profissional.

  • Vá além do necessário

Ter um perfil completo e atualizado não é um diferencial, e sim o esperado. Entretanto, a forma com que esses dados são preenchidos e apresentados são fatores que aumentam a atratividade de um perfil para os recrutadores. E, assim como ocorre no ambiente presencial, a primeira impressão da página profissional é fundamental.

  • Escolha uma boa foto

Além de aumentar significativamente as chances de o perfil ser visualizado, a foto será a primeira associação na mente dos recrutadores, entre a imagem pessoal e os históricos profissional e acadêmico. Por isso, é essencial que a imagem do usuário reflita a postura no ambiente de trabalho de uma forma positiva: imagens bem iluminadas e que realçam o rosto, que transmitem profissionalismo ao mesmo tempo em que pareçam amigáveis são as mais indicadas.

  • Mantenha o título e o resumo sempre bastante assertivos

Nestes espaços, cabe ao usuário se apresentar ao mercado de trabalho, geralmente por meio do cargo atual e um resumo das experiências passadas. Para aqueles que estão em busca de sua primeira oportunidade, o espaço do título pode ser utilizado para informar as especialidades e/ou destacar atributos da jornada acadêmica. O resumo, por outro lado, é o local perfeito para informar os recrutadores quais foram as conquistas, marcos e realizações relevantes. É nessa etapa de descrição que o uso da IA pode contribuir para uma narrativa mais efetiva.

  • Cite experiências diversas, até mesmo aquelas que não são profissionais

É importante que o máximo de experiências possíveis seja inclusa no perfil, até mesmo aquelas que não estão necessariamente ligadas à esfera profissional da vida de um indivíduo, uma vez que elas auxiliam os agentes de RH a terem uma melhor ideia do nível de familiaridade ou vivência com determinado tópico. Além disso, dados sobre a localização e setor de atuação são fundamentais para guiar os recrutadores que buscam por profissionais que se enquadrem em um determinado perfil.

  • Utilize as palavras-chave a seu favor

Uma excelente sugestão é a inserção de palavras-chave e competências adquiridas ao longo da jornada acadêmica. A prática tende a deixar a página profissional em destaque aos olhos dos recrutadores que buscam por pessoas que estejam alinhadas ao propósito da empresa. Isso facilita que o perfil seja encontrado, uma vez que o torna mais completo para que o próprio algoritmo do LinkedIn faça seu trabalho de busca.

  • Deixe suas qualidades em evidência

Mesmo aqueles que não possuem um longo histórico profissional podem - e devem - incluir outros aspectos da personalidade e vivência do candidato. Compartilhar informações acadêmicas, cursos livres que vão além da graduação, e outras competências que sejam relevantes para área de atuação profissional, além de destacar proficiência em outros idiomas ou em softwares como o pacote Office são diferenciais que, segundo o próprio LinkedIn, podem aumentar o número de visualizações em até 13 vezes.

  • Faça conexões

Enquanto, sim, o perfil pode aparecer como resultados de busca de forma orgânica, é possível aumentar ainda mais as chances de conseguir contatos relevantes ao estabelecer uma rede de conexões, seja com outros profissionais da área de atuação, colegas de sala e professores. Esses contatos irão contribuir, direta ou indiretamente, para o crescimento profissional, uma vez que podem servir como ponte entre o usuário e terceiros que também sejam relevantes no segmento de interesse.

  • Mantenha sua rede sempre atualizada

Para aqueles que procuram por uma primeira oportunidade, persistência e foco são primordiais. Manter-se interessado, pesquisar vagas, oportunidades, contatos relevantes e permanecer ativo na plataforma, construir uma presença é o caminho para se destacar cada vez mais.

Commentaires


bottom of page