• VAM Editoria Executiva Magazine

A arte influencia as nossas vidas

Atualizado: Fev 19



A arte é uma reflexão poética social e está em tudo, cinema, TV, teatro, nos trens, nas ruas com os artistas que cantam e encantam, nas paredes com as intervenções urbanas, como o grafiteiro que conta sempre uma história nos seus grafites, nas escolas e nos vídeos clipes . Qualquer lugar em que a gente vá a arte está presente!


A arte é uma construção simbólica de tudo aquilo que o homem é capaz de abstrair intelectualmente e expressar por meio de sua criatividade e mobilidade.


Hoje vou conversar com um influenciador cultural Jeff Libluc, diretor e multiartista, que respira arte desde pequeno, que vive de transformar vidas através da sua arte.



História


Nasci em Curicica, Jacarepaguá, um bairro extremamente artístico, com muitas influências culturais. Estudei em um colégio público no qual tive a OPORTUNIDADE de estudar dança como matéria na grade curricular. Com a vivência da dança, percebi que tinha um controle corporal muito grande e a dança fazia sentido para minha vida. Logo tive que mudar de escola e fui para outra escola pública no mesmo bairro e outro momento se iniciava, outros desafios que eu agarrei com unhas e dentes.


Conheci o esporte, tive contato com várias modalidades esportivas e me encontrei no atletismo, o qual comecei com 11 anos e aos 14 anos já estava fazendo minha primeira viagem internacional como atleta representando o colégio, e nessa competição fiquei em segundo lugar no campeonato Sul Americano e me vi como o melhor atleta na minha modalidade da América Latina, com apenas 14 anos.

Com 19 anos fui convidado para a mesma competição e ganhei os 100 e 200 metros rasos e foi o momento da virada, eu já não era um Júnior e fui para seleção brasileira adulto oficialmente, fui patrocinado pela Adidas por 5 anos e o meu ciclo no atletismo foi fechado por uma lesão no tendão, porém foi um ciclo cheio de conhecimentos e vivências nos quais houve a oportunidade de conhecer diversos países e culturas.

O projeto social me fez ir muito longe e sou muito grato aos professores dedicados que estiveram comigo nessa trajetória.


Os Projetos Sociais dentro da escola pública, ajudam a diminuir barreiras e diferenças sociais, incluindo e dando oportunidades, transformando a vida de muitas crianças e adolescentes.


Evento cultural da diversidade YOLO LOVE PARTY


Quando o ciclo do atletismo terminou, como não fui planejado, houve momentos de tristeza, até porque não sabia muito para onde ir.

O atletismo era a minha vida, mas eu tinha dentro de mim a vontade de unir as minhas paixões arte e cultura e tive a ideia de criar com um amigo uma festa cultural que tivesse arte, dança, moda, empreendedorismo e tudo envolvido, que pudesse despertar a autoestima das pessoas. Uma festa que tivesse diversos ritmos, uma variedade muito grande de informações e de troca entre pessoas de diversas tribos, e assim foi criada a maior festa Cultural da diversidade do Rio de Janeiro a Yolo Love Party, evento que se tornou referência. E lindo ver as produções, o público chegando uma vibe maravilhosa.

Juntamente com o sucesso que foi a festa, me deparei com o audiovisual. A cada evento eram feitos vídeos e como as festas são temáticas, com um estilo único, a paixão pelo audiovisual foi só crescendo e mais uma vivência maravilhosa crescia de uma necessidade do mercado onde ainda hoje, há na publicidade, restrições em trabalhar com as pessoas negras, estamos pouco a pouco, ocupando espaço no mercado publicitário, mas ainda falta muito para haver o equilíbrio dentro da publicidade.



Audiovisual O meu trabalho com audiovisual tem como foco narrativas contadas pela percepção de uma pessoa negra e viabilizar o desejo de jovens artistas que querem expressar suas artes através da música, dança, make, moda e trazer para esses ambientes a diversidade . Tive a felicidade de ser Co-diretor da campanha publicitária da Devassa e também atuei na campanha internacional do Snapchat e os trabalhos só vêm crescendo.

Um dos trabalhos que me enche de orgulho, foi atuar no clipe do Emicida, Amarelo (Sample : Belchior- Sujeito de Sorte ) e Pabllo Vittar, no qual fui Co-diretor e fiz a direção criativa. Foi um clipe que falava de amor, depressão, super reflexivo e atemporal, foi um trabalho incrível. Outras produções em que trabalhei foram as do MV Bill, L7n Non, Kmila Cdd entre outros artistas maravilhosos.


A minha conexão com os artistas é desde o profissional, independente se está iniciando a carreira e quer viver da sua arte e até artistas que já estão tendo alta visibilidade e já vivem da música. A minha missão é fazer com que todo artista possa mostrar a sua arte e se orgulhar da sua trajetória e irei continuar trabalhando com muito amor para mudar o olhar da sociedade para a arte nas periferias.


Música que faz parte da minha vida: Ana Vilela - Trem bala "Não é sobre chegar no topo do mundo, saber que venceu.

É Sobre escalar é saber que o mundo te fortaleceu. "


Lembre sempre que a arte está em tudo, e que os projetos sociais são portas para o universo criativo.

Eles oferecem maneiras de tornar as crianças e jovens autossuficientes.



Colunista VAM Magazine, Viviane Vargas; Ceo Rádio Black Voz. @radioblackvoz

Contato: antonnio@vammagazine.com.br

Endereço: Honório Magno, 290. RS-SM

Telefone +5555997127649

  • Instagram

©2021 por VAM Magazine. Orgulhosamente criado com Wix.com

Formulário de Inscrição

Este site foi criado com o objetivo de Popularizar a moda em seus segmentos e de forma consciente.

Edições da VAM Magazine na plataforma estão disponíveis para acesso.

Nossa equipe de apoiadores e parceiros agradecem por você estar conosco!

Revista digital, desde 2019.

20191019121420_4742995258.png