Capa: PK, um dos maiores rappers da atualidade

Natural do Rio de Janeiro, Pedro Henrique Bendia, mais conhecido como PK, respira música desde pequenininho. Suas influências musicais tomaram grande proporção na quarta-série, época em que começou a ouvir Racionais por indicação de um amigo. Já o funk surgiu e ganhou forças na vida de PK por ser o estilo musical predominante do lugar em que morava. Apesar da pouca idade, PK coleciona experiências no ramo musical e sua descoberta se deu por conta de uma participação – em 2013 – na Batalha do Real, a maior batalha de rimas do Rio de Janeiro, e o resultado não poderia ser outro: campeão.

PK, compositor de grande parte de suas canções, vive um momento de ascensão. Hoje é um dos maiores nomes da música urbana do país. São mais de 3 milhões de ouvintes mensais e mais de 500 milhões de reproduções no Spotify. E somando stream de áudio e vídeo ultrapassa a marca de 1 Bilhão. Seu estilo musical particular faz com que se destaque no cenário atual, numa agradável mistura de rap, funk e pop, além de incorporar elementos e sons de diversos outros ritmos.

Com parcerias de sucesso, PK começou nas batalhas de rima e hoje soma ao seu repertório parcerias com grandes nomes da música nacionais e internacionais, como a gaúcha Luísa Sonza, Bello, Ludmilla, Kevin O Chris, DJ Pedro Henrique e DJ Tubarão, Pocah, Becky, Gabily, Felipe Araújo, Xamã, Orochi e Buddy Poke, dentre outros. O rapper carioca PK permanece entre os dez nomes mais ouvidos do Spotify, na categoria Rap Nacional, há mais de um ano. Com mais de 3 milhões de ouvintes mensais na plataforma, PK reafirma sua potência na música nacional. Rankeando a lista das músicas mais ouvidas de PK aparecem singles em feats de respeito como: “Quando a vontade bater”, “Barcelona” feat L7NNON e Mun-Ra, “Indomável” feat Belo e “Tudo de Bom” feat Luisa Sonza, que juntos somam mais de 130 milhões de views no YouTube e mais de 293 milhões de plays no Spotify.


O último lançamento de autoria de PK foi “Mundo dá Voltas” em parceria com MC Pedrinho e DJ 900, que já soma mais de 1,5 milhões de views no YouTube. No mais, PK é apaixonado por games e futebol – e pelo Flamengo -.


Dono de uma voz incrível e talento sem igual, ele busca, por meio do seu som, levar entretenimento aos seus fãs e mostrar que com perseverança tudo é possível sim, mesmo com os obstáculos do dia a dia. “Não importa o estilo, eu respiro música 24h por dia. Vou jogar futebol com os amigos e continuo fazendo rimas durante as partidas. Durmo pensando em música e acordo pensando nela”, complementou.


Acesse a entrevista completa com o editor VAM Magazine, Antonnio Italiano.

VAM: Se você não fosse rapper o que seria?

Jogador de Futebol.


VAM: Como começou a sua carreira e quem foi a pessoa que mais incentivou você? Hoje qual a sua maior conquista?

Ninguém me incentivou, fui sozinho atrás do meu sonho. Hoje minha maior conquista é, com certeza, o carinho do meu público, o amor que eles me passam, e o conforto que posso proporcionar para minha família.