top of page

Na capa VAM - Lore Improta, uma das artistas mais versáteis da atualidade

"Me considero feminista no sentido de buscar a igualdade, a segurança e a valorização dos nossos direitos. Penso que é importante debatermos sobre liberdade feminina em vários aspectos, sejam eles maternos, físicos, emocionais ou sexuais", - Lore Improta para a capa VAM Magazine.

Lorena Improta, carinhosamente chamada por todos de Lore, sempre amou a música e, através da dança, ganhou visibilidade, sucesso e carinho de milhares de brasileiros. Nascida e criada na Bahia e formada em Publicidade, aos 29 anos a soteropolitana acumula trabalhos memoráveis e muitos sonhos.


O início de sua carreira foi aos nove anos de idade, quando participou de um grupo infantil de dança ao lado de Carla Perez e logo em seguida, aos treze anos, fez parte de um grupo de “swing baiano” nas academias de Salvador. Desde então, Lore não parou mais de dançar, chegando a fazer intercâmbio no Canadá e se profissionalizando com aulas de jazz e hip hop! Em 2014, passou a integrar um grupo de dança que conquistou os internautas e, através do YouTube, ensina coreografias de hits nacionais e internacionais. No ano seguinte, por incentivo de sua mãe e uma fã, Lore participou do concurso “Bailarina do Faustão” e esteve no elenco do programa por dois anos.


Com o rumo na dança já concretizado, Lore Improta agregou novas vertentes em seu currículo e se tornou uma artista versátil. Focada, determinada e cheia de gás, a artista está por dentro de todos os aspectos de seus trabalhos, gerenciando a grande empresa que é a sua carreira hoje. E mesmo com a agenda corrida, ela ainda separa tempo para estar envolvida em causas beneficentes, como idas em hospitais infantis, bazares e muito mais.


Lore ainda levou suas coreografias pelo Brasil com o “Show da Lore”, permeando tanto pelo público adulto quanto infantil (“Bailinho da Lore”, dedicado a crianças de 02 a 10 anos). O show foi sucesso pelo Nordeste, atraindo multidões de crianças e jovens fãs de suas coreografias. A artista também trilha um novo caminho com o musical infantil “O Fantástico Mundo da Lore”, que carrega o lúdico na apresentação ao contar a história da Menina Lore, que utiliza a dança como fio condutor de suas aventuras. A atração passa por interpretações musicais de nomes como “Os Saltimbancos”, por exemplo, além de conter composições próprias da artista que já são o maior sucesso nas plataformas infantis – no qual compõe ao lado de Rafinha RSQ.


Não obstante, Lore foi o rosto oficial do programa “Me Deixa Dançar”, da GNT, no qual apresentou a primeira temporada ao lado de Justin Neto e convidados especiais.


Na exclusiva com o editor-chefe Antonnio Italiano, a multifacetada fala sobre a filha Liz, onde vive a maternidade real e quebra paradigmas do puerpério, relembra a Dança dos Famosos, dá dicas de autoestima, moda e autocuidado, fala também sobre os próximos planos na TV! Vem descobrir tudo sobre Lore Improta:

VAM: Sua filha Liz está prestes a completar 1 ano de vida. Quais mudanças você enxerga nesse tempo em relação à maternidade? A rotina foi uma das coisas que mais mudou, pois antes eu viajava a trabalho e não tinha tanta preocupação com os horários e dias que ficaria fora de casa. E agora tudo é feito colocando Liz como uma prioridade para nós. Então, quando vou fazer um trabalho, toda a logística é feita pensando se ela vai me acompanhar e quando ela não vai, já vejo um jeito de retornar o quanto antes para que a gente não fique muito tempo longe uma da outra.

VAM: Recentemente você esteve no elenco do quadro ‘’Dança dos Famosos’’ como professora de Xande de Pilares. Qual a sensação de voltar para o programa que foi um dos grandes marcos de sua carreira? É um desafio a mais estar como professora? Eu tenho um carinho muito grande pelo quadro Dança dos Famosos porque foi uma virada de chave para a minha carreira. Quando recebi o convite já sabia que seria incrível, pois o Xande é muito parceiro. É um desafio estar como professora, pois você precisa lapidar e desenvolver as habilidades do aluno que por vezes ficam escondidas. No caso de Xande, ele se desenvolveu muito e até começou a dançar em seus próprios shows. Então, foi um momento de aprendizado para ele e para mim também.

VAM: De publicitária à dançarina, passando por modelo e empresária, Lorena Improta é uma das artistas mais influentes da atualidade! Lore, quando você percebeu que a dança transformaria a sua vida? Eu demorei para perceber isso, pois sempre existiu um preconceito grande com a dança. Meus pais achavam que eu não ganharia dinheiro com essa carreira. E como pais, se preocupavam com o meu futuro. Mas, mesmo assim sempre me incentivaram a buscar o meu sonho. Só que em paralelo eu não podia deixar os estudos de lado. Então estudei, me formei em publicidade, estagiei na área. Não havia parado para pensar na dança como carreira mesmo, mas ela sempre esteve presente na minha vida.

VAM: Vamos voltar para 2015, época do concurso de Bailarina do Faustão o qual você foi a vencedora. Qual a diferença entre a Lore daquela época para a Lore de hoje? A Lore de hoje é muito mais segura e madura. Na época do Faustão, não me sentia capaz. Era uma competição muito grande com muitas meninas talentosas e eu não enxergava o meu potencial. Hoje em dia, sei quem eu sou e o quanto sou capaz, reconheço todos os desafios pelos quais passei para chegar onde estou, sei que eles foram necessários para me moldar.

VAM: Os seus relatos sobre a chamada ‘’maternidade real’’ sempre ganham destaque na internet. Como você se divide entre os cuidados com a Liz e a profissão que ama, equilibrando as dificuldades e responsabilidades? Eu consigo organizar melhor essas duas áreas por conta da rede de apoio que tenho. A partir disso consigo alinhar minha agenda destinando tempo para ela e para a minha carreira. Ficar longe de Liz é uma das partes mais difíceis dessa rotina de trabalho. Mas meu trabalho é algo que também me traz muita felicidade, é algo que eu amo fazer. A questão hoje em dia é que a logística toda deve ser levada em consideração no momento em que surge um novo trabalho, uma nova viagem. A prioridade é Liz, tudo gira em torno dela e ficar o menor tempo possível longe.

VAM: Dias depois do nascimento de Lore você fez uma live no instagram que movimentou a internet e contou sobre os desafios de seu puerpério. Como você vivenciou essa fase e quais dicas você daria para as mulheres que estão nesse processo? Foi uma fase muito difícil, onde eu contei muito com a ajuda da minha família e amigos. Me apoiar em relatos de outras mães que passaram por algo parecido me trouxe um conforto muito importante. Me ajudou a entender que não estou só e que tudo vai passar, é apenas uma fase, como tudo na vida de um bebê. A troca com as mães para mim foi tão necessário que até fiz disso um projeto para minhas redes sociais, onde conversava com especialistas e mães sobre essa desromantização da maternidade e todas as dificuldades em torno desse período, da forma mais realista possível.

VAM: O que a Lorena mãe de Liz faz e que nunca passou pela sua cabeça antes da maternidade? Sempre fui muito focada e disciplinada em relação ao trabalho, achava que nada nem ninguém seria capaz de me “tirar” do meu trabalho, era minha prioridade total. Hoje em dia, a realidade é outra, rs. É tudo em torno de Liz e a rotina dela, nossos momentos juntas. Aprendi a abrir os olhos para outras prioridades.

VAM: Como é sua relação com a autoestima? Você tem uma rotina de autocuidado? Eu amo me cuidar. Nunca deixei isso de lado em nenhuma fase da vida, acho importante. Gosto da maneira que me expresso, da minha energia, não só do que eu vejo no espelho

VAM: Vimos que você tem apostado cada vez mais nos looks e ambientes fashionistas. Qual o papel da moda em sua carreira hoje em dia? Pretende investir nesse mercado? Sempre fui uma admiradora da moda, amo muito mesmo. Junto com meu stylist, Thiago Setra, temos trabalhado e investido cada vez mais nesse espaço, até por uma questão de posicionamento mesmo. A moda é como consigo me expressar e me sentir bem.

VAM: As coreografias de danças estão rolando a todo o vapor em seu Instagram e canal no Youtube. Como é a sua preparação para os vídeos? Amo que as pessoas acham que eu danço todos os dias,rs! Mas na verdade ensaiamos dois dias no mês e gravamos no dia seguinte. Hoje em dia, danço por menos tempo, mas de forma mais intensa. Entre ensaios e gravações, são muitas horas em poucos dias. Mas, se eu pudesse, dançaria muito mais! A dança faz parte de mim, move a minha vida, sou muito grata a tudo que ela me proporciona até hoje.

VAM: Falando em Youtube, você tem milhões de seguidores e visualizações com suas coreografias, tem algum momento de criação das danças que te marcou muito e você consegue compartilhar conosco? Todos os momentos onde estamos criando as coreografias de fato são especiais. São períodos de troca e descontração. Eu e minha equipe nos divertimos muito, é um grande trabalho em conjunto, todo mundo se ajuda ali na hora. O pessoal vem na minha casa, ensaiamos até de final de semana. Até o vídeo estar definitivamente no ar, tem um enorme processo por trás e eu amo muito estar presente em tudo.

VAM: Quais são as inspirações de Lore Improta? Tanto no pessoal quanto no profissional. Meus pais são minhas maiores inspirações. Eu tento ser metade do que a minha mãe é, forte, empoderada, que sempre lutou pelas suas coisas. Quero conseguir educar a minha filha pelo menos metade do que ela e meu pai me educaram. Passamos por muita coisa juntos, temos uma cumplicidade muito bonita, serei eternamente grata por tudo.

VAM: Como você descreve a responsabilidade de influenciar tantas pessoas nas redes sociais? Sou muito cuidadosa. É preciso cautela, cuidado. Tenho uma voz muito importante para muitas pessoas. Consegui conquistar um espaço onde passa credibilidade sobre os assuntos que falo, e sou grata a isso. Preciso ser responsável e saber como posso utilizar essa voz da melhor forma possível. Prezo muito pelo meu público e, sei que muito do que falo, algumas pessoas podem achar a verdade absoluta, tenho que ter essa mentalidade e noção. Portanto, busco manter um trabalho muito profissional e respeitoso com todos.


VAM: Você se considera feminista? Como incentivar as mulheres a pensarem mais sobre o assunto? Me considero feminista no sentido de buscar a igualdade, a segurança e a valorização dos nossos direitos. Penso que é importante debatermos sobre liberdade feminina em vários aspectos, sejam eles maternos, físicos, emocionais ou sexuais. Penso que quanto mais conhecimento buscarmos acerca dessas temáticas, mais caminhos conseguiremos trilhar para que futuras gerações, como a de Liz, por exemplo, estejam cada vez mais empenhadas em atingir novos espaços.


VAM: Você é carismática e extrovertida; pontos fortes para comandar um programa de televisão. Quais são os seus planos na TV e o que podemos esperar para os próximos projetos? É um sonho de infância ter um programa de TV. Me sinto bem em frente às câmeras. Estou estudando cada dia mais para isso e se Deus quiser em breve irá acontecer. Sabe aquela meta de vida que nunca sai da cabeça, está sempre ali martelando? É isso para mim, um sonho muito importante.

Sobre projetos, tenho meu bazar beneficente que deve acontecer nesse próximo mês, sempre fico muito animada para ele. Conseguimos ajudar muitas famílias em situação de vulnerabilidade social aqui da Bahia com as arrecadações, então é um projeto que significa muito para mim.


FASHION

Photo: @brunnorangel

Editor In-Chief: @antonnio.italiano

Beauty: leoalmeidamk

Stylist: @thiagosetra

Assessoria: @melinatavarescomunicacao



bottom of page