La Plancha: O tradicional restaurante carioca comemora 28 anos

Para a estreia do Cardápio Carioca entrevistamos Junior Gonzalez, o Chef que está a frente do La Plancha e mantém a tradição de família

Junior Gonzales, O Chef

Em 2006, durante um intercâmbio nos Estados Unidos, Junior se viu durante três meses sem comida brasileira. O jeito era ligar para os pais e pedir que lhe ensinassem a preparar pratos típicos da nossa culinária. Não faltaram elogios ao seu tempero, garante, e ele tomou gosto pela gastronomia.


De volta ao país, foi atrás de uma especialização na área. O conhecimento sobre pescados adquirido com o pai, fundador do primeiro La Plancha, na Avenida Ayrton Senna, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, em 1994, também o ajudou. Desde 2010 ele é o chef do restaurante espanhol da família, com unidades no Casa Shopping, no Shopping Uptown e hoje em 2022 está expandindo a rede de restaurantes.


Quem procura por um ambiente que reúne descontração, sabor e bom gosto, sem dúvida está procurando o La Plancha. O restaurante oferece há 28 anos serviços de qualidades e excelência indiscutível. Com o cardápio bem elaborado e variado, típico da cozinha espanhola tradicionalmente fartos, com aroma e sabores inconfundíveis, que constituem verdadeiras especiarias, como moquecas, tortillas, ensaladitas, paellas, carnes especiais, entre outros. Tudo isto servido com atenção e em um ambiente acolhedor pelo Chef.

Muitos prêmios foram conquistados, dentre eles: o de “Melhor restaurante para reuniões de negócios”, da Revista Latin Trade; 13 vezes ganhou o prêmio “Água na Boca” do Jornal O Globo, caderno Barra da Tijuca; prêmio Gula na categoria “comida espanhola” pela revista Gula; dentre outros, por tudo isto o La Plancha, cada vez mais tem se tornado o restaurante preferido dos empresários, turistas, artistas e da sociedade carioca. O eclético público espelha a variedade e o requinte da sua cozinha internacional, que agrada aos mais exigentes paladares.


Leia a seguir a entrevista completa com o Chef Junior Gonzalez:

1.Junior Gonzalez, quero iniciar a entrevista lhe perguntando sobre o primordial. Para que o La Plancha chegasse até aqui com vinte e oito anos de milhares de clientes satisfeitos, existe segredo para o atendimento do La Plancha fidelizar clientes e atrair outros nesses anos todos? Conte para nós o que faz a diferença para atrair os clientes? Nosso segredo sempre foi nossa dedicação e comprometimento, o La plancha é nossa vida, mas o que mais prezamos é a qualidade do pescados, temos barcos que pescam todas as semanas para nos atender, isso faz toda diferença, trabalhamos sempre com os frutos do mar frescos.


2.Você é engenheiro por formação, e trabalha administrando seus negócios e sociedades, certo? O que aprendeu com o legado do pai vendo-o construir a marca La Plancha? E como aplica isso nos seus negócios? Sim, o legado deixado foi um ponto de partida muito importante e ter feito Engenharia foi fundamental para meu crescimento profissional, hoje como empresário vejo o quão foi importante ter seguido este caminho e para seguir minhas metas pessoais fiz o curso de gastronomia para aí sim, conseguir implementar todos os processos que queria nos meus negócios.


3.Para O Globo, em 2017, comentou que antes dos 25 anos de idade não cozinhava, e iniciou sua carreira assumindo o papel de cozinheiro para os seus amigos. Hoje, aos 40 anos, os pratos do La Plancha são grandes e para família, quais são os pratos mais pedidos da casa? É possível de pedir delivery? Os Pratos mais pedidos são: Paella de Frutos do Mar, Moqueca de camarão lula e polvo, bobo de camarão, o nosso famoso Camarão Ajillo, Feijoada de Frutos do Mar, Arroz de Polvo e Camarão gratinado com catupiry. Sim e justamente estes pratos são os que mais saem no delivery.

4.Desde do começo que a tradição a família espanhola se faz presente. Tudo começou com uma peixaria no Mercado do Produtor na Avenida Ayrton Senna, Barra da Tijuca e logo vieram os pedidos para a abertura de um restaurante que é sucesso! Conte brevemente como tudo começou, e do que sente orgulho: Nossa família tinha a peixaria que mais vendia no mercado, os amigos sempre cobravam meu pai para fazer comida e como ele ama cozinhar, começou a fazer a culinária espanhola somente para amigos, e foi um sucesso e como tínhamos muitos clientes, um ou outro provavam e amavam o que fazíamos, sendo assim, começaram as cobranças para abrir um restaurante, e assim foi feito, ele comprou um lojinha ao lado com apenas treze mesas e assim começou o La Plancha, mas o sucesso foi tão grande que tivemos que crescer e adquirimos mais uma loja e chegamos naquele local a ter 58 mesas. O que mais nos orgulha e termos começado como peixaria e termos nos tornado o restaurante de frutos do mar mais tradicional do Rio de janeiro.


5.Hoje em 2022 com a expansão dos seus negócios com La Plancha Brasa( Gastrobar), na visão de Chef e empresário, como percebe o segmento no Rio de Janeiro após o covid-19? Passamos por um momento muito difícil, como todos do ramo de gastronomia, mas passou. Agora é focar no trabalho e estamos muito otimistas, estamos apostando muito no crescimento da economia, com isso estamos abrindo mais 2 operações do la plancha brasa este ano.


6. Para a sua profissionalização, acredito que tenha estudado muito Junior. Quais são os cursos que acredita ser essencial para quem está começando a cozinhar? A faculdade de gastronomia é essencial para começar neste ramo, mas hoje existe muitas alternativas interessantes de cursos profissionalizantes, como o do Senac por exemplo, que hoje formam ótimos profissionais do mercado.


7.Para além de apreciar os frutos do mar frescos escolhidos na peixaria ou os cortes nobres de carne, ainda pode-se levar para aproveitar junto a sua família com o La Plancha Peixaria e Boutiques de Carnes. Comente sobre a importância de incentivar os produtores locais? Achamos fundamental, hoje damos preferência total para os produtores locais, inclusive trabalhávamos com ostras de santa catarina, e erámos muito bem atendidos pela empresa, mas como temos esta visão, mudamos quando soubemos que em Angra dos Reis tinha uma fazenda maravilhosa de ostras, mexilhões e vieiras e toda semana temos produtos maravilhosos sem nossas mesas.


8.Gastronomia está também ligada à arte? Sim, totalmente.


9.La Plancha tem a experiência “En Su Casa”, como acontece a escolha dos pratos desse atendimento personalizado? Temos uma reunião com o nosso cliente, onde ele diz o que mais gosta em nosso cardápio, sendo assim, apresentamos uma proposta de entradas, prato principal e sobremesa por um valor único por pessoa.


10.Para finalizar Junior, qual a sua definição para a palavra “prestigio”: Prestígio para mim, é estar em uma roda de pessoas e não saberem que sou proprietário do La plancha e quando as pessoas entram no assunto de restaurante e ouvir que nossa gastronomia é a referência no Rio de janeiro, me sinto muito prestigiado e feliz em saber que estamos no caminho certo.


Acesse o site: https://laplancha.com.br/


La Plancha na VAM Magazine